???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15841
Tipo do documento: Tese
Título: Competência social e arteterapia em um programa de intervenção na escola
Autor: Norgren, Maria de Betânia Paes 
Primeiro orientador: Souza, Rosane Mantilla de
Resumo: O mundo mudou, as relações interpessoais se modificaram, assim como as práticas educativas, os valores e as representações que se têm da realidade. Há necessidade de intervenções que auxiliem as pessoas a lidar com a complexidade da vida moderna, desafios, crises e transições. Este doutorado teve por finalidade desenvolver e avaliar a efetividade de um programa de promoção de competências sociais e emocionais com intuito de facilitar a transição da 4ª para a 5ª série do ensino fundamental em curto prazo. O método utilizado foi a pesquisa-intervenção / qualitativa, no contexto da clínica-social, pois apesar, de não conduzir a nenhuma certeza, insiste na compreensão subjetiva como modo de apreensão do mundo, de si e como fator de mudança; enfatiza a singularidade do sujeito e implica o pesquisador na busca da estrutura, do sentido e na intervenção. (Lévy, 2001; Sèvigny, 2001). Para a elaboração do programa foram utilizados conhecimentos da arteterapia, criatividade, promoção de saúde e aprendizagem socioemocional, numa perspectiva contextualizada. O programa foi realizado em escola pública e teve início com a construção da demanda, na qual foram ouvidos os alunos, seus pais e professores. A intervenção, propriamente dita, teve a duração de dezoito encontros e abordou os seguintes temas: mudança e crescimento como etapas do desenvolvimento humano; autoconhecimento; relacionamentos interpessoais; técnicas de resolução de problemas e conflitos e criatividade. Da primeira etapa, em 2007, participaram 75 alunos da 4ª série. No ano seguinte, quatro meses após a mudança escolar, foram avaliados 68 alunos: 41 que participaram da intervenção e mudaram para a mesma escola; e 27 que vieram de outras escolas e se constituíram como grupo controle. Os aspectos avaliados foram: desempenho escolar, taxa de absenteísmo, avaliação sociométrica, mapa da rede (Sluski, 1997), descrição da escola, desenhos, avaliação e percepção dos professores e entrevista com pais. A maioria dos alunos que participou do programa teve desempenho melhor ou igual ao esperado, confirmando que a intervenção realizada contribuiu para a adaptação dos alunos em curto prazo, mostrando-se efetiva no desenvolvimento de habilidades sócio-emocionais
Abstract: The world has changed, the interpersonal relations has been modified, so have the hearing practices, the values and the reality representations. It is necessary to develop interventions that help people to deal with the modern life complexity, challenges, crises and transitions. This study had the motive to develop and evaluate a social emotional competence program done with purpose to facilitate in short term the transition from 4th to 5th grade in a public school. The method used was the intervention-research, in a social clinic context. In spite of, not leading to any assurance, insist on a personal comprehension of the world, of himself and as change agent; emphasizes subject singularity and implies the researcher in the quest of structure, meaning and intervention. (Lévy, 2001; Sèvigny, 2001). Art therapy knowledge, creativity health promotion and social emotional learning, on a contextualized perspective were used to elaborate the program. The program begun with demand construction and students, parents and teachers were interviewed. The intervention lasted eighteen meetings and dealt with the following themes: change and growing as human development stages; self knowledgement; interpersonal relations; problem and conflict resolution techniques and creativity. At the first phase, on 2007, 75 students on the 4th grade participated. On the next year, four months after the school change, 68 students were evaluated: at those, 41 had participated on the intervention and 27 came from other schools and becoming control group. They were evaluated on the following aspects: scholar performance, absence rate, sociometric evaluation, network chart (Sluski, 1997), school description, drawings, teacher s perception and evaluation, parent s interview. Most of the students that participated at the program have showed better than or at least as expected performance, confirming that the intervention contributed to student s adaption on a short term, being effective on developing social emotional abilities
Palavras-chave: Competência socioemocional
Social emotional competence
Art therapy
Health promotion
Aprendizagem
Arte-terapia
Promocao de saude
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Norgren, Maria de Betânia Paes. Competência social e arteterapia em um programa de intervenção na escola. 2009. 211 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15841
Data de defesa: 3-Jun-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria de Betania Paes Norgren.pdf5,23 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.