???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15691
Tipo do documento: Dissertação
Título: Apropriação de espaço por adultos com deficiência visual: estudo de casos
Título(s) alternativo(s): Space appropriation by adults with visual impairment: case studies
Autor: Paranhos, Marina 
Primeiro orientador: Bassani, Marlise Aparecida
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo compreender como ocorre a apropriação de espaço nas escalas ambientais mais significativas selecionadas por adultos com deficiência visual, procurando apontar quais outros fenômenos da Psicologia Ambiental poderiam ser identificados nesse estudo. Para tanto, utilizamos o conceito de apropriação de espaço proposto por Pol (2002) que implica em um modelo circular e dual, composto pelas dimensões de ação-transformação e identificação simbólica. Optamos por uma abordagem qualitativa de pesquisa por meio de estudo de casos, e sua compreensão é feita a partir do referencial sistêmico. Participaram dessa pesquisa três pessoas com deficiência visual, de ambos os sexos, com idades entre 28 e 45 anos. Realizamos replicação parcial da proposta metodológica de Bassani (2003a, 2004b) e utilizamos os seguintes métodos: entrevistas temáticas (e clínica), observações (direta e registros fotográficos) e desenhos. A coleta de dados foi realizada nos locais escolhidos pelos participantes. A partir da análise dos resultados, identificamos três estilos de apropriação de espaço: 1) por resignificação: implica na conjunção de vários aspectos como a aceitação e resignificação da deficiência visual, o processo de reabilitação, a ativação de outros sentidos da percepção e os processos cognitivos. Tais aspectos foram essenciais na apropriação de espaços, nos diferentes níveis espaciais. 2) por familiaridade: as inter-relações pessoa-ambiente são significativamente marcadas pelas interações sociais. A apropriação se dá prioritariamente em lugares com os quais se relacionam afetivamente. 3) por propriedade: as ações-transformações e identificação simbólica são marcadas pela territorialidade. Outros fenômenos foram identificados, tais como privacidade, espaço pessoal e aglomeração. São apresentadas sugestões para futuras pesquisas e a relevância de tais estudos para promoção de qualidade de vida desta população
Abstract: The present work had as it aim to understand how the space appropriation in the more significant scale ambient selected by adults with visual impairment occurs and to put forward which other phenomena of Environmental Psychology could be identified in this study. Therefore, we used the concept of space appropriation considered by Pol (2002) that implies in a circular and dual composed model by the dimensions of action-transformation and symbolic identification. We adopted a qualitative investigation approach through case studies. The analysis is taken under the systemic perspective. Three adults with visual impairment, with ages between 28 and 45 years old, from both genders, had participated of this research. We partially applied the methodological proposal of Bassani (2003a, 2004b). The following methods were used: thematic interviews (and clinic), observations (direct and photo shots) and drawings. The current data was collected in the places chosen by the participants. We identified three styles of space appropriation: 1) by resignification: it implies in the conjunction of some aspects as the acceptance and resignification of the visual impairment, the process of rehabilitation, the activation of the senses of perception and cognitive processes. Such aspects had been essential to space appropriation in different space levels. 2) by familiarity: the inter-relations person-environment are marked by the social interactions. The appropriation occurs mainly to places they relate affectively. 3) by property: the action-transformation and symbolic identification are marked by the territoriality. Other phenomena had been identified such as privacy, personal space and agglomeration. Suggestions for future research are presented and the relevance of such studies for promotion of quality of life of this population
Palavras-chave: Apropriação de espaço
Deficiência visual
Reabilitação
Space appropriation
Environmental psychology
Visual impairment
Rehabilitation
Place attachment
Deficientes visuais
Psicologia ambiental
Percepcao espacial
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Paranhos, Marina. Space appropriation by adults with visual impairment: case studies. 2008. 140 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15691
Data de defesa: 30-Apr-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marina.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.