???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15626
Tipo do documento: Dissertação
Título: A clínica do desenraizamento: atendimento a crianças em situação de risco
Autor: Guimarães, Giselle Faria
Primeiro orientador: Safra, Gilberto
Resumo: Nesta dissertação procuro refletir sobre as possibilidades de intervenção no atendimento a crianças em situação de risco, considerando a importância do ambiente e da relação com o outro para que elas possam vir a estabelecer uma relação criativa com o mundo em que vivem. Meu interesse surgiu a partir da minha experiência no Projeto Quixote, que apresento no início desta dissertação. Trago também histórias de crianças atendidas no Projeto, procurando compreender os sofrimentos que nos apresentam. Estes sofrimentos, que surgem em muitos casos sob a forma de comportamentos violentos, problemas de aprendizagem, abuso de drogas, entre outros, não podem ser reduzidos a seu aspecto psíquico ou social, mas devem ser compreendidos em seu aspecto ontológico, porque são experiências que fraturam o ethos humano. São crianças que sofrem por viverem em um mundo cada vez mais inóspito, no qual não encontram as condições que permitem o acontecer humano. As crianças que encontramos são marcadas, em diferentes graus, pelo desencanto e a desesperança. Sofremos as conseqüências de um processo de desenraizamento cada vez mais intenso. Neste caminho, utilizei as contribuições de D.W. Winnicott, que ressalta a importância da relação com o outro e das condições necessárias que o ambiente deve ofertar para que o ser humano possa vir a se constituir, e as elaborações de Simone Weil sobre a noção de enraizamento e desenraizamento. Foram fundamentais, também, as reflexões de Safra sobre os sofrimentos decorrentes das fraturas éticas. As intervenções devem ser norteadas pela questão do lugar, pela necessidade da oferta de um lugar no mundo humano dada pela relação que se estabelece entre a criança e o profissional, a equipe e a própria instituição que a atende. É a partir da experiência de ter um lugar aparentado com o si mesmo que a criança poderá viver ou reviver a experiência de encanto
Abstract: In this work I reflect about the possibilities of intervention on the care with children in risk situation, considering the importance of the environment and the relationship with the other in order for them to establish a creative relationship with the world in which they live. My interest came from my experience at Project Quixote, presented at the beginning of this text. I also present stories of children that passed through the Project, seeking to understand the suffering they show us. This suffering, that many times comes as violent behaviors, learning problems, drug abuse among other, cannot be reduced to its psychic or social aspect, but must be understood on its ontological aspect since it is about experiences that fracture the human ethos. They are children who suffer because they live in a world more inhospitable at each day, in which they can t find the conditions that allow their humanity to happen. The children we meet are marked, in different degrees, by the disenchantment and lack of hope. We suffer the consequences of a rootlessness process more intense at each day. In this way, I used the contributions of D.W. Winnicott, who highlights the importance of the relationship with the other and the necessary conditions the environment must offer so that the human being can constitute itself, and the elaborations of Simone Weil about the notion of rooting and rootlessness. Also fundamental were Safra s reflections on the suffering as a consequence of ethical fractures. The interventions must be guided by the place issue, by the need to offer a place in the human world given by the relationship that establishes between the children and the professional, the team and the institution that take care of her. It is from the experience of having a place related to self that the child will be able to live or relive the enchantment experience
Palavras-chave: Atendimento a crianças em situação de risco
Intervention on the care with children in risk situation
Projeto Quixote
Servicos de cuidado e tratamento infantil
Criancas -- Servicos de atendimento
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Guimarães, Giselle Faria. A clínica do desenraizamento: atendimento a crianças em situação de risco. 2007. 102 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15626
Data de defesa: 24-Oct-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giselle Faria Guimaraes.pdf642,99 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.