???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15573
Tipo do documento: Tese
Título: O sofrimento de imigrantes: um estudo clínico sobre os efeitos do desenraizamento no self
Autor: Maalouf, Jorge Fouad 
Primeiro orientador: Safra, Gilberto
Resumo: O presente trabalho consiste em investigar e refletir do ponto de vista clínico a questão dos imigrantes e do desenraizamento e seus efeitos no self da pessoa. Interessa-me como clínico investigar como o sofrimento aparece nessas pessoas e os dispositivos que elas utilizam para lidar com eles. Acredita-se que o desenraizamento é um adoecimento que pode deixar feridas profundas no sentimento de si mesmo do imigrante e de seus descendentes. Utilizou-se do método de história de vida para a análise e discussão dos relatos de cinco imigrantes. A fim de tecer considerações sobre os depoimentos, partiu-se da teoria psicanalítica winnicottianna sobre o processo maturacional, com as contribuições de Safra (1999 e 2004), a noção de desenraizamento de Simone Weil e os conceitos de hilética e espiritualidade de Edith Stein. Seis aspectos se evidenciaram como importantes e comuns na experiência dos depoentes: o estranhamento, a depressão, a moradia, a língua, a espiritualidade e a amizade. Essa investigação procurou enfocar as condições para o enraizamento. A possibilidade de alguém testemunhar o percurso de vida dos depoentes e criar uma narrativa de sua história mostrou-se uma experiência significativa e enraizadora
Abstract: This study will both investigate and contemplate immigrants, unrootedness and its implications for an immigrant s self from the clinical point of view. As a clinical psychologist, the researcher is interested in investigating the manifestation of suffering in immigrants as well as the devices those individuals may resort to in an attempt to deal with the said feelings. It is a general assumption that unrootedness is a kind of ailment which may leave deep scars on the feelings both immigrants and their descendants have of themselves. The researcher has used the life history interview method to analyze and discuss the reports given by five immigrants. In order to make remarks about the immigrants testimonials, the researcher starts his studies based on Winnicott s psychoanalytic theory of the maturational process, followed by the contributions of Safra (1999 2004), the notion of unrootedness by Simone Weil, and the concepts of spirituality and hyletics by Edith Stein. Six factors have shown to be both important and common in the interviewees experiences: home, language, spirituality, friendship, depression and a sense of strangeness. With the present investigation, the researcher tries to focus on the conditions that lead to rootedness. The possibility to testify to an interviewee s personal course of life and to create a narrative of their life history has shown to be a meaningful experience that generates a sense of rootedness
Palavras-chave: Desenraizamento
Psicologia clinica
Immigrants
Unrootednsess
Self
Clinical psychology
Imigrantes
Sofrimento
Self (Psicologia)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Maalouf, Jorge Fouad. O sofrimento de imigrantes: um estudo clínico sobre os efeitos do desenraizamento no self. 2005. 297 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15573
Data de defesa: 6-May-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JORGE FOUAD MAALOUF.pdf1,23 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.