???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15476
Tipo do documento: Dissertação
Título: Dores e odores: distúrbios e destinos do olfato
Autor: Abud, Cristiane Curi
Primeiro orientador: Mezan, Renato
Resumo: Esta dissertação de mestrado resulta de atendimentos realizados com duas pacientes cuja queixa inicial era a de uma alergia a cheiros de determinados produtos ou objetos. No decorrer destes atendimentos, fez-se clara a conexão entre a alergia e eventos emocionais traumáticos das vidas das pacientes em questão. Como a literatura psicanalítica oferece poucos estudos sobre o assunto, apelo para outras áreas do conhecimento humano que podem ampliar e fornecer outras abordagens para o assunto estudado. Num primeiro momento realizo uma pesquisa sobre a história cultural dos aromas, visando descobrir os diversos significados que a civilização pôde ir atribuindo aos aromas através dos tempos. Em seguida, pesquiso sobre as bases biológicas do olfato, com o objetivo de conhecer suas funções, no que concerne à preservação da espécie. A partir desta prévia pesquisa cultural e biológica, realizo uma análise dos dois casos, baseando-me na literatura psicanalítica que se dedica a estudar as relações entre mente e corpo. Assim, consulto desde Freud até Pierre Marty, Joyce McDougall e Dejours, na tentativa de construir uma compreensão da dinâmica psíquica das pacientes apresentadas, focalizando a questão do olfato, suas alergias e sua relação com o mundo psíquico. Apresento ainda uma compreensão do livro O perfume, de Patrick Süskind, com o intuito de realizar uma compreensão psicopatológica de seu protagonista, cuja vida era regida pelo sentido do olfato. Trata-se de uma ficção, mas a finalidade metodológica e didática de analisar um personagem é apenas estimular o pensamento analógico, sugerir esquemas de inteligibilidade que possam, talvez, permitir uma ação clínica mais eficaz. Finalmente, a pesquisa culmina com uma apresentação do escasso material psicanalítico sobre o assunto, e a discussão da seguinte questão: podemos, afinal, usar o termo pulsão olfativa?
Palavras-chave: Psicossomática
Conversão
Somatização
Suskind, Patrick 1949- -- O perfume -- Critica e interpretacao
Alergia
Odores
Olfato
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Abud, Cristiane Curi. Dores e odores: distúrbios e destinos do olfato. 2006. 148 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15476
Data de defesa: 26-Apr-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CristianeCuriAbud.pdf549,53 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.