???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15097
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação para morte com idosos: uma visão naturológica sobre o profissional
Título(s) alternativo(s): Death Education for elderly: a naturology vision about professonal
Autor: Christofoletti, Flávia Cestaro 
Primeiro orientador: Franco, Maria Helena Pereira
Resumo: O envelhecimento da população é um tema recorrente na atualidade, o que gera preocupação constante com a qualidade de vida desta população. Associada à saúde, qualidade de vida envolve o bem físico, mental, psicológico e emocional, além de relacionamentos sociais, educação, poder de compra e outras circunstâncias da vida, o que reforça a necessidade de um olhar integrado sobre o ser humano. A Naturologia, como campo do conhecimento que estuda a saúde a partir de uma visão integrada do homem, tem como preceito trabalhar a prevenção, manutenção e recuperação da saúde, através da educação. Com base numa ação educativa, este estudo teve como objetivo geral descrever e analisar o trabalho de educação para a morte, desenvolvido por profissionais funcionários de um Centro Dia do Idoso. Como objetivo específico, identificar como são preparados para um trabalho de educação para a morte, bem como verificar as posições ideológicas, religiosas, teóricas e técnicas que fundamentam este trabalho. O método da pesquisa foi qualitativo e a obtenção dos dados ocorreu por meio de uma entrevista semiestruturada, a qual foi submetida, posteriormente, à análise de conteúdo. Como resultados, foi possível verificar a falta de preparo dos profissionais frente à necessidade da população idosa, reflexo de um déficit na formação acadêmica. As maiores dificuldades encontradas pelos profissionais para a abordagem do tema foram as debilidades cognitivas próprias da idade e as limitações sociais para discutir o assunto. A facilidade observada foi a experiência das várias vivências de perdas no histórico da pessoa idosa. A postura religiosa adotada variou de acordo com a experiência pessoal e a espiritualidade de cada entrevistado. Apesar do pouco preparo para trabalhar com o tema, todos os funcionários entrevistados associaram educação para a morte com qualidade de vida. Concluiu-se, portanto, que o trabalho educativo com a visão preventiva deve ser agregado a todos os campos do saber, buscando-se uma visão integrada do ser humano
Abstract: Population aging is a recurring topic today, and it causes constant concern about a population's quality of life. Quality of life is related to health, and it is defined as an individual's perception of their position in life in the context of the culture and value systems in which they live and in relation to their goals, expectations, standards, and concerns, emphasizing the need of an integrative view of the human being. Naturology, as the field of knowledge that studies health from an integrated view of man, has the precept of working on prevention, maintenance and recovery of health through education. Based on an educative approach, the general aim of this study was to describe and analyse the work of education for death developed by professional workers at a Day Care Centre for the Old, and the specific aim was to identify how those workers are trained to educate for death, as well as to verify the ideological, religious, theoretical and technical positions they take and which ground their work with death. A qualitative research method was used and data were collected through a semi-structured interview, which was later submitted to content analysis. It was possible to verify the professionals' lack of preparation to attend the needs of the old, which reflects an academic development deficit. The major difficulties professionals face to deal with the subject were the age-related cognitive debilities as well as the social limitations to talk about the subject, and the ease observed was the various experiences of loss in an elderly person's life. The religious posture adopted by the participants was based on their own subjective experience with spirituality. Despite the lack of preparation to work with the subject, all the workers interviewed relate education for death to quality of life. It was found that in spite of the justifiable necessities for the work with death, several difficulties arise. Educative work aiming at prevention must be aggregated to all fields of knowledge on an integrative view of the human being
Palavras-chave: Educação para a morte
Idoso
Naturologia
Saúde
Education for death
Elderly
Naturology
Health
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Christofoletti, Flávia Cestaro. Death Education for elderly: a naturology vision about professonal. 2011. 106 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15097
Data de defesa: 25-Nov-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flavia Cestaro Christofoletti.pdf542,12 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.