???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15063
Tipo do documento: Tese
Título: Casais sem filhos: as repercussões individuais e na relação conjugal
Autor: Vailati, Nídia 
Primeiro orientador: Souza, Rosane Mantilla de
Resumo: A família e o casamento têm sofrido muitas transformações ao longo da história. A família tradicional tem cedido lugar a novas configurações familiares presentes hoje na sociedade. Em vista deste panorama e também da possibilidade de, ao entender o movimento no ciclo vital de casais sem filhos identificar outros desafios específicos da conjugalidade que a não parentalidade, é que delimitamos o objetivo do presente trabalho, a saber: compreender as repercussões da ausência de filhos na relação conjugal. A abordagem metodológica adotada neste trabalho foi a qualitativa e a estratégia metodológica utilizada foi a da história de vida individual e conjugal. Para respondermos ao nosso objetivo, estabelecemos algumas categorias de análise, a saber: 1. A formação do casal 2. As Conseqüências. Entre todos os membros dos casais entrevistados observamos afirmações de que o fato de não terem filhos deixou-os mais egoístas, individualistas e pouco tolerantes a barulhos de crianças, crenças acerca de si mesmos que podem se referir a características já presentes em sua personalidade. O fato de não terem filhos também os liberta para trabalharem mais a individualidade, mostram mais liberdade para fazerem as suas escolhas, tem uma autonomia maior para se dedicarem a outros projetos de vida, como a carreira e o relacionamento. A relação conjugal tem uma funcionalidade capaz de dar conta de situações como desemprego e mudança de área de trabalho sem trazer prejuízos para a relação. Os casais entrevistados apresentam um nível de diferenciação de ego, que lhes possibilitou viverem com maior clareza e liberdade as suas escolhas tanto conjugais como outras, sem sofrer interferência das famílias de origem
Abstract: Family and marriage have undergone many changes throughout history. The traditional family has given place to new family configurations present in today s society. This scenery and also the possibility of, in understanding the movement in the vital cycle of childless couples, identifying other challenges that are specific to the conjugality other than parentality, have circumscribed the object of this paper, namely: to understand the effects of the absence of children in the marriage relationship. The methodological approach adopted is qualitative and the methodological strategy used is the individual and married life story. In order to reach our objective, we have established a few categories for analysis, namely: 1. How the couple was formed; 2. The Consequences. Among all the members of the couples interviewed we have observed statements on the fact that not having any children has made them more egotist, individualist and less tolerant to child noises, beliefs about themselves that may well refer to traits already present in their personality. The fact of being childless also liberates them to develop their individuality further, they are freer to make their choices, and they have a larger autonomy to dedicate themselves to other life projects, such as career and relationship. The conjugal relationship has a functionality that is able to cope with situations as unemployment and change in field of work without jeopardizing the relationship. The couples interviewed present a level of ego differentiation that has enabled them to live their choices, conjugal or other, with a higher degree of clarity and freedom, without suffering the interference of their families of origin
Palavras-chave: Casal sem filhos
Conjugalidade
Relação conjugal
Couple
Conjugality
Childless couple
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Vailati, Nídia. Casais sem filhos: as repercussões individuais e na relação conjugal. 2011. 111 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15063
Data de defesa: 25-Oct-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nidia Vailati.pdf1,34 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.