???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15035
Tipo do documento: Tese
Título: A meia idade feminina em seus significados: o olhar da complexidade
Autor: Kublikowski, Ida 
Primeiro orientador: Macedo, Rosa Maria Stefanini de
Resumo: Este trabalho visou compreender a reconstrução da identidade na meia idade feminina, através dos significados atribuídos às mudanças que a acompanham. Apesar desse processo ser culturalmente mediado, a experiência não é passivamente inscrita por códigos culturais, pois os significados que lhe são atribuídos recebem um cunho pessoal. As construções de gênero articuladas a outros fatores produtores das subjetividades, impactam a percepção de si neste período da vida. Mas estes significados, assumindo as cores de histórias de vida singulares, através da reflexividade, permitem ao sujeito normalizado e produzido, tomar-se simultaneamente produtor de si. Assim, o ser humano emerge de seu processo de desenvolvimento, que faz comunicar de forma recursiva, uma história singular, com fatores biológicos e culturais, em determinado espaço e tempo, como protagonista da sua história. Dessa perspectiva, a experiência vivida de mulheres entre 45 e 55 anos, foi abordada através de métodos qualitativos e hermenêuticos. Trazida à linguagem em narrativas de vida, tomou-se inteligível, organizando-se como identidade. A interpretação atualizou potenciais de sentido em categorias, estruturadas em tomo da Diferenciação conectada: entre apego e separação" e da Estima de si: a percepção do corpo na relação com o outro". Em uma mesma história, uma estima de si diminuída, por injunções de um outro polissêmico, e uma estima de si aumentada, em relações de reciprocidade, conviviam e conflitavam. Portanto, a compreensão da meia idade feminina, através da identidade narrativa em seus significados, de uma abordagem complexa, permitiu expor ações coagidas, em relações de poder sedimentadas, pela força dos padrões de gênero. Por outro lado, novos significados foram atribuídos à experiência, traduzidos em escolhas ativas, de um sujeito produtor de si. Esses espaços dialógicos só puderam ser compreendidos no contexto de histórias de vida singulares, que fizeram confluir as instâncias envolvidas na produção da identidade, em busca do sentido para as mudanças que ocorriam. A atenção à saúde nesse período da vida feminina, necessita ser repensada. Uma assistência centrada na menopausa e na adesão à terapia de reposição hormonal, vem mantendo um circulo vicioso, ao reproduzir significados de um feminino desvalorizado. Mas as crenças culturais podem se modificar através de narrativas de vida, que instruídas pela experiência, retomam à cultura e a regeneram, e voltam à vida pelos caminhos da apropriação
Abstract: The aim of this research was to understand the identity reconstruction of middleaged women, through the new meanings ascribed to the changes that go along with it. Although this process is culturally mediated, the experience is not passively printed by cultural codes because the meanings attributed to it receive a personal stamp. The gender constructions, articulated to other factors that produce the subjectivity, impact the self-perception during this period of- life. But as these meanings assume the colors of singular lived stories in a reflexive way, they allow the produced and normalized subject to simultaneously turn into producer of himself. The human being emerge from the developmental process, which communicates in a recursive way, a singular story, with biological and cultural factors in a certain time and space, as the protagonist of his own story. The lived experience of women, between 45 and 55 years, was then approached using qualitative and hermeneutic methods. This experience was brought to language in life narratives that made it intelligible and organized into narrative identity. The interpretation updated the potential meanings into categories, structured around the connected differentiation: from attachment to detachment" and " the selfesteem: the body's perception in relation to the other. In the same narrative, a decreasing self-esteem associated with injunctions of a polysemic other and an increased self-esteem in a reciprocal exchange, lived side by side and struggled with each other. Thus, to understand the changes that go on during the middle age through the narrative identity in its meanings allowed me to expose coercive actions, in power sedimentary relationships, by the strength of gender patterns. On the other hand new meanings were ascribed to the experience and translated into active choices of a subject that produces himself. These dialogic spaces could only be understood in the context of singular life stories, as a point of convergehce of the different instances involved in the production of the identity, looking for a sense for these contradictions. New strategies in relation to health during this time must be developed. An assistance centered in menopause and in hormone replacement therapy, maintains a vicious circle that reproduces meanings of a devaluated femininity. But cultural beliefs may change through life narratives, which instructed by experience, return to culture and regenerate it, and then go back to life by means of appropriation
Palavras-chave: Constituicao da identidade
Relacoes de genero
Meia idade feminina
Hormonios
Mulheres de meia-idade -- Aspectos psicologicos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Kublikowski, Ida. A meia idade feminina em seus significados: o olhar da complexidade. 2001. 267 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15035
Data de defesa: 30-Nov-2001
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ida Kublikowski.pdf16,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.