???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15030
Tipo do documento: Tese
Título: Nem tudo são flores: um estudo da dinâmica dos conflitos na homoconjugalidade masculina
Título(s) alternativo(s): Not all flowers: a study of the dynamics of conflicts in gay male couple
Autor: Sant Anna, Márcio Stefanini 
Primeiro orientador: Macedo, Rosa Maria Stefanini de
Resumo: Este estudo teve como objetivo geral compreender a dinâmica do relacionamento do casal homossexual masculino no que diz respeito aos conflitos conjugais. Utilizamos como referencial teórico o pensamento sistêmico novo paradigmático que possibilita uma visão ampla sobre o conhecer na perspectiva da construção intersubjetiva do significado dos fenômenos complexos como os conflitos na homoconjugalidade masculina. Trata-se de uma pesquisa quanti-qualitativa que se utilizou da triangulação de instrumentos com o objetivo de obter informações de diversas fontes e de diferentes perspectivas, no sentido de apreender sem grande dispersão a posição de cada membro do casal quanto aos padrões de relacionamento vivenciados por eles. Dessa forma, buscamos compará-los utilizando elementos de suas histórias de vida com questões focais importantes para melhor descrição do tipo de relação do casal. Os instrumentos utilizados foram os seguintes: um questionário de informações gerais com dados pessoais (sexo, idade, naturalidade, estado civil, religião, escolaridade, atividade profissional desenvolvida e a situação financeira); uma escala de ajustamento conjugal; um questionário com uma lista de classificação de problemas; entrevista de história de vida do casal; e a Linha do Tempo de cada parceiro. Foram entrevistados cinco casais homossexuais masculinos com idades variando de 23 a 52 anos; residentes no município de São Paulo; morando juntos e mantendo um relacionamento há 3 anos ou mais. Os resultados da pesquisa apontam que a permanência do tempo da relação parece funcionar como um sinal de garantia de afeto e isto permite ao casal adentrar nas questões conflituosas sem haver receio de rompimento conjugal. O conflito ainda é visto como algo negativo e não como um sinal das diferenças individuais que devem ser trabalhadas a fim de serem respeitadas ou acomodadas pelo casal
Abstract: This study aimed to understand the dynamics of male gay couple‟s relationship in regard to marital conflicts. We use as theoretical systems thinking new paradigm that allows a deep insight to know the perspective of intersubjective meaning of complex phenomen such as conflicts in male. It is a quantitative and qualitative research which used triangulation of the instruments with the purpose of obtaining information from different sources and different perspectives in order to grasp without much scatter the position of each member of the couple as to the relationship patterns experienced for them. Therefore, we sought to compare them using elements of their life stories with issues important to focus better description of the relationship of the couple. The instruments used were the following: a general information questionnaire with personal data (gender, age, marital status, religion, education, professional activity developed and the financial situation), a scale of marital adjustment, a questionnaire with a ranking list problem, life history interview of the couple, and the Timeline of each partner We interviewed five couples gay men aged 23 to 52 years, resident in São Paulo, living together and maintaining a relationship for 3 years or more. The survey results indicate that the residence time of the relationship appears to be a sign of affection and security that allows the couple to enter the conflicting issues with no fear of marriage breakups. The conflict is still seen as something negative and not as a sign of individual differences that must be worked in order to be respected or accommodated by the couple
Palavras-chave: Conjugalidade homossexual
Conflitos
Relacionamento
Teoria sistêmica
Gay male couple
Conflicts
Relationship
Systems theory
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Sant Anna, Márcio Stefanini. Not all flowers: a study of the dynamics of conflicts in gay male couple. 2011. 165 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15030
Data de defesa: 10-Jun-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcio Stefanini SantAnna.pdf2,34 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.