???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14995
Tipo do documento: Dissertação
Título: Saindo do ab(aut)ismo: o vivido de uma experiência a partir de um trabalho de acompanhamento terapêutico
Autor: Fráguas, Veridiana 
Primeiro orientador: Berlinck, Manoel Tosta
Resumo: A presente pesquisa partiu de um trabalho de acompanhamento terapêutico desenvolvido junto a uma criança diagnosticada como autista. O estudo parte de uma situação problemática oriunda de uma discrepância entre um diagnóstico que prescrevia uma impossibilidade de mudanças no quadro da criança em questão e a evolução observada a partir de um determinado tipo de intervenção. Inspirada pela proposta da Psicopatologia Fundamental, esta pesquisa apresenta uma modalidade de leitura das crises psíquicas que parte da experiência clínica e tem como compromisso a possibilidade de debruçar-se sobre o sujeito para ouvi-lo na singularidade de seu sofrimento, a partir de um lugar sem rótulos. Fazendo uso da teoria psicanalítica, este estudo busca compreender as mudanças na fala e no comportamento da criança citada, a partir da intervenção de um acompanhaste terapêutico. Trabalha-se a partir da hipótese, levantada por LAZNIK-PENOT (1997), de que modificações no uso da fala correspondem a mudanças no modo de funcionamento psíquico
Abstract: The present study is based on a therapeutical follow-up done with a child that had been diagnosed as an autistic. It derives from a problematic situation that arose from the discrepancy between a diagnosis that prescribed the impossibility of changes in the child's condition and the evolution that had occurred from a certain type of intervention. Based on the Fundamental Psychopathology proposal, the present study features an approach of studying the psychic crisis that is grounded on the clinical experience and its compromise is to show the possibility of listening to the subject in his suffering from a nameless place. By applying the psychoanalytical theory, the present study searches to understand the child's speech and behavior changes due to the intervention of a therapist. The research is based on the hypothesis presented by LAZNIK-PENOT (1997) according to which the changes in speech correspond to the changes that take place in the psychic field
Palavras-chave: Autismo
Psicoterapia infantil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Fráguas, Veridiana. Saindo do ab(aut)ismo: o vivido de uma experiência a partir de um trabalho de acompanhamento terapêutico. 2003. 134 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2003.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14995
Data de defesa: 30-Nov-2003
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Veridiana Fraguas.pdf5,64 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.