REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/14964
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBarcessat, Belizia Aben-Athar-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4734108E4por
dc.contributor.advisor1Mezan, Renato-
dc.date.accessioned2016-04-28T20:37:30Z-
dc.date.available2010-11-30-
dc.date.issued2010-11-17-
dc.identifier.citationBarcessat, Belizia Aben-Athar. Entre pais e filhos: reflexões teóricas e ressonâncias atuais da psicanálise com crianças. 2010. 148 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/14964-
dc.description.resumoEsta pesquisa, centrada no referencial psicanalítico, volta-se à compreensão de processos subjetivos e culturais implicados no estabelecimento dos vínculos parentais com a criança. A partir de fundamentos teórico-contextuais e da experiência clínica, essa investigação pretende identificar aspectos que incidem no modo como cada um dos pais encarna e sustenta as funções primordiais que viabilizam a humanização e a singularização de uma criança e que ancoram a efetividade de sua inscrição no grupo social. Como as análises aqui desenvolvidas foram suscitadas pela prática psicanalítica com crianças e pelo interesse teórico-clínico voltado às questões que contornam o funcionamento de sua vida psíquica e social, as reflexões empreendidas nesta tese inclinam-se, mais especificamente, à vertente paterna dos laços parentais. O foco dessa abordagem associa-se às condições identificatórias que circundam o exercício da paternidade por um sujeito que assume esse lugar diante da criança, que mantém com ela vínculos afetivos essenciais e que ocupa, para ela, um lugar fundamental de referência e de suporte à sedimentação de sua subjetividade. A questão identificatória é, também, o centro das reflexões que se voltam à criança e ao seu processo de individuação e de adesão à oferta e ao laço social. As articulações entre a particularidade do vínculo paterno e a posição subjetiva da criança são empreendidas a partir do compartilhamento de leituras teórico-clínicas publicadas na literatura especializada e confrontadas com o alinhamento interpretativo e com a experiência clínica da autora na psicanálise de crianças. Nesse conjunto, evidencia-se a estreita confluência de determinantes psíquicos com aqueles que remetem ao plano das mudanças sociais processadas na história recente da modernidade mudanças que incluem, muito significativamente, o lugar, a imagem e a representação paternapor
dc.description.abstractFocused in psychoanalytic references, this research faces the comprehension of some subjective and cultural processes, which concern the establishment of parental connections with the child. Theory-context-based and resulting from experiences in clinical work, this investigation intends to identify the aspects that characterize the way in which each parent personifies and sustains the primary functions in enabling a child s humanization and individualization, and in grounding the effectiveness of a child s enrolment in a social group. The developed analyses were caused by psychoanalytic experience with children and by the interest in theory and in clinical practice around the questions that involve the functioning of children s psychic and social life. Therefore, the considerations in this dissertation focus more specifically in the fatherly component of parental ties. This approach is associated with recognition conditions that surround fatherhood, when a subject takes over this role towards the child, sustains the essential the affective links and represents a very important reference and support to the child s subjectivity s subsidence. The recognition question is also a central topic among the reflections that involve the child and its processes of individualization and adherence to social offer and relationship. The articulations between the particularity of the fatherhood s bond and the child s subjective position are developed from the swapping between theoretical and clinic readings, published in the specialized literature, and confronted with the interpretations alignment and the clinical experience of the author in the field of children psychoanalysis. In this overview, becomes evident the narrow confluence of the psychic determinants and those determinants related to the social shifting plane, aggregated in modern recent history - shifts that include, significantly, the role and the model of the father figureeng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/31353/Belizia%20Aben%20Athar%20Barcessat.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentPsicologiapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínicapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPsicanálisepor
dc.subjectSubjetividadepor
dc.subjectPosições parentaispor
dc.subjectPaternidadepor
dc.subjectPsychoalanysiseng
dc.subjectSubjectivityeng
dc.subjectParental positionseng
dc.subjectFatherhoodeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApor
dc.titleEntre pais e filhos: reflexões teóricas e ressonâncias atuais da psicanálise com criançaspor
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Belizia Aben Athar Barcessat.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.