???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14931
Tipo do documento: Dissertação
Título: O santo e a porca, de Ariano Suassuna: o imaginário do sertão em nova cena
Autor: Gomes, Aline Aparecida de Souza 
Primeiro orientador: Palo, Maria José
Resumo: Situada na área da Literatura e Crítica Literária, esta pesquisa tem como objetivo investigar as características peculiares à peça O santo e a porca (1957), de Ariano Suassuna, buscando dar relevância aos elementos que lhe conferem o cunho artístico-literário. O estudo parte, primeiramente, das fontes utilizadas e recriadas pelo autor na tentativa de valorizar os elementos da cultura popular nordestina. Para isso, no capítulo I Miscelâneas de Tradições : refletimos sobre a narrativa míticodramática, o Romanceiro, os atores/cantadores, a correlação autor-atores-público, a farsa e a ironia. Na sequência, trabalhamos no capítulo II A Moldura da Efabulação em O santo e a porca , a questão da cena como reinvenção da realidade, o diálogo traiçoeiro de Caroba e as desconexões entre a palavra, a cena e a ação, correlacionando-as com a traição à vida. No capítulo III O Teatro do absurdo no enredo de O santo e a porca refletimos sobre as variações temáticas provocadas pelo imaginário, a reinvenção do popular com base nos desencontros sintático-semânticos e a revelação do sentido da vida que se desprende do enredo e atinge o homem nordestino. Tomamos como suporte o teórico Mikhail Bakhtin que nos auxiliou a compreender a questão da cultura popular na Idade Média e no Renascimento; Vladimir Propp que nos fundamentou com a questão do cômico. Também nos servimos de Henri Bergson com a teoria do riso e Idelette Muzart Santos, estudiosa e pesquisadora, que nos ajudou a refletir sobre a universalidade do teatro suassuniano, dentre outros. A metodologia em uso caracterizou-se pelo procedimento indutivo-dedutivo e descritivo-analítico, contribuindo para o reconhecimento e interpretação da presença dos indicadores na intertextualidade da forma e da linguagem do roteiro teatral de O santo e a porca, e para se alcançar as marcas da novidade de sua criação literária em novo cenário, o universal
Abstract: Situated in the field of literature and Literary criticism, the objective of this research is to investigate the characteristics of the play O Santo e a Porca (1957) THE saint and the sow (1957) , by Ariano Suassuna, seeking to highlight the elements that represent his artistic-literary aspect. The study starts relying on the basis used and recreated by the author on an attempt to enlight the elements of popular northern culture. For that, on Chapter I Miscellanea of traditions : we reflect about a mythical-dramatic speech, o Romanceiro the Romancer, the actors/singers, the correlation author-actors-public, sham and the irony. After that, we work on Chapter II The frame of the fabling in The Saint and the Sow , the scene as reinvention of reality, Caroba s treacherous dialog and the disconnections between word, scene and action, using them related to the treason to life. On Chapter III The theatre of the nonsense on the Saint and the Sow s storyline : we think about the theme variations provoked by the imaginary, the reinvention of the common based on the sintatic-semantics mismatch and the revelation of the meaning of life that reaches the northeastern men through the storyline. We take as support Mikhail Bakhtin that helped us comprehend the popular culture on Middle Ages and on the Renaissance; Vladimir Propp who gave basis on the comic feature. Henri Bergson was also used to help in the Teoria do Riso and Idelette Muzart Santos, researcher, that helped us analyze the universality of the Suassunian Theatre , among others. The methodology in use was marked by the inductive-deductive and descriptive-analytic procedures, contributing to the recognizing and interpretation of the presence of indicators of the intertextuality of the form and the theatre storyline s speech of The Saint and the Sow , and to score the novelty marks of his literary creation in a new scenario: the universal
Palavras-chave: Roteiro teatral
Narrativa mitico-dramática
Imaginário popular
Farsa e ironia
Theatre storyline
Mythical-dramatic speech
Imaginary popular
Sham and irony
Theatre of the nonsense
Suassuna, Ariano 1927- O santo e a porca -- Critica e interpretacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Gomes, Aline Aparecida de Souza. O santo e a porca, de Ariano Suassuna: o imaginário do sertão em nova cena. 2010. 94 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14931
Data de defesa: 26-Apr-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aline Aparecida de Souza Gomes.pdf290,04 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.