???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14927
Tipo do documento: Dissertação
Título: Novas matrizes míticas em O turista aprendiz de Mário de Andrade e em Tristes trópicos de Claude Lévi-Strauss
Autor: Gonçalves, Sandra Maria Luvizutto 
Primeiro orientador: Palo, Maria José
Resumo: A presente dissertação tem o objetivo geral de desenvolver um estudo comparatista entre as experiências culturais e artísticas narradas nas obras O turista aprendiz (2002), do escritor e poeta Mário Raul de Moraes Andrade, e Tristes trópicos (1996), do antropólogo e escritor francês Claude Lévi-Strauss. As impressões registradas por eles, na visita à região amazônica, são nossos objetos de demonstração e estudo, sustentados pelos conceitos de alteridade, a partir do olhar exótico e do encontro com o Outro. O objetivo central localiza-se na leitura e análise dos relatos de viagem, confirmadores das experiências vividas pelos escritores, para mostrar que ambos transgrediram a geografia física dos lugares visitados e, literariamente, reconfiguraram-na por meio da subjetividade artística e poética, de modo a poder revelar as novas matrizes míticas da Amazônia brasileira. A temática está assim distribuída: o capítulo I apresenta a questão do exótico e da complexidade na distinção entre realidade e ficção nos relatos de viagem, à luz da prática da alteridade. O capítulo II trata das diferenças e contrastes entre o olhar dos dois estrangeiros e o do Outro, diante da realidade observada. O capítulo III revela-nos o encontro com o Outro, com o desconhecido, o que resultou numa transgeografia ficcional . Os parâmetros teóricos de suporte foram: Antonio Candido (1976), François Dosse (1993), Tzvetan Todorov (1993), Julia Kristeva (1994), Telê Ancona Lopez (1996), Mikhail Bakhtin (2003), Emmanuel Lévinas (2005), dentre outros. Priorizamos o método comparatista da observação direta do objeto em relato ficcional de viagem, abrindo, assim, uma relação de equidade ao receber o Outro no seu anonimato e, consequentemente, rompendo com o pensamento absoluto da ciência.
Abstract: The objective of this paper is to develop a comparison study between cultural and artistic experiences narrated by the poet Mário Raul de Moraes Andrade in O turista aprendiz (2002) and Tristes trópicos (1996) by the French anthropologist and writer Claude Lévi-Strauss. The impressions captured by them while visiting the Amazon region are our study and demonstration objects, sustained by the concepts of alterity, based on the exotic eye and the encounter with the Other . The central objective is in the reading and analysis of the travel reports, which confirmed the experience lived by the writers, showing that both of them trespassed the physical geography of visited places and, literarily, reconfigured it by means of artistic and poetic subjectivity in order to be able to unveil the new mythical matrixes of the Brazilian Amazon. The themes are distributed as follows: chapter 1 presents the exotic and the complexity in the distinction between reality and fiction in the travel reports, in light of practical alterity. Chapter 2 approaches the differences and contrasts between two foreigners and the Other , facing the reality observed. Chapter 3 reveals the encounter with the Other , the unknown, which resulted in a fictional transgeography . The theoretical parameters of support were based on the work by: Antonio Candido (1976), François Dosse (1993), Txyetan Todorov (1993), Julia Kristeva (1994), Telê Ancona Lopez (1996), Mikhail Bakhtin (2003), Emmanuel Lévinas (2005), among other authors. We prioritized the comparatist method of direct observation of the object on a fictional travel report, thus opening an equity relation in receiving the Other in its anonymity and, consequently, creating a rupture with the absolute thinking of science.
Palavras-chave: Região amazônica
Alteridade
Olhar exótico
Transgeografia ficcional
Amazon region
Alterity
Exotic eye
Trans-geographical fiction
Andrade, Mario de -- 1893-1945 -- O turista aprendiz -- Critica e interpretacao
Levi-Strauss, Claude -- 1908-2009 -- Tristes tropicos -- Critica e interpretacao
Amazonia -- Descricao e viagens
Geografia na literatura
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Gonçalves, Sandra Maria Luvizutto. Novas matrizes míticas em O turista aprendiz de Mário de Andrade e em Tristes trópicos de Claude Lévi-Strauss. 2010. 156 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14927
Data de defesa: 17-Mar-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sandra Maria Luvizutto Goncalves.pdf2,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.