???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14889
Tipo do documento: Dissertação
Título: A transmutação metalinguística na poética de Edgard Braga
Autor: Amaral, Beatriz Helena Ramos 
Primeiro orientador: Sá, Olga de
Resumo: A proposta desta dissertação é analisar os procedimentos de metalinguagem na obra poética de Edgard Braga, por meio da caracterização de sua singularidade e da tentativa de identificação de eventual tendência predominante. Para a adequada realização deste objetivo, examinam-se as fases do longo percurso da produção poética bragueana (1933-1985), que atravessou o século vinte em meio a sucessivas e diferenciadas transformações estéticas: desde influências simbolistas e parnasianas até o caminho do espacialismo, da poesia concreta, da poesia caligráfica e da poesia visual (tatoemas). A pesquisa dá ênfase à passagem da fase da poesia verbal à da poesia visual, tendo sido selecionados, reproduzidos e analisados vinte poemas, representativos da obra em seu todo. Constituem o embasamento teórico da pesquisa a teoria funcionalista de Roman Jakobson e alguns conceitos da Crítica Genética. Os métodos de abordagem do objeto são o abdutivo, o dedutivo e o indutivo. A pesquisa apresenta como resultadados alcançados: a) o reconhecimento de traços caracterizadores de dois diferentes modos de metalinguagem, os quais neste trabalho denominamos metalinguagem de expressão e metalinguagem de construção: o primeiro voltado à reflexão crítica instaurada na esfera temática e do sentido, e o segundo relaciondo à própria composição/decomposição dos elementos sígnicos, materiais e formais do poema; b) a intensificação da abordagem metalingüística, em especial no que tange à gênese do poema. Relevamos nesses resultados a ênfase contínua dada ao uso da metalinguagem de construção em detrimento da metalinguagem de expressão. Destarte, a poesia de Edgard Braga, ao desnudar o processo poético, resgata a essencialidade de seu fazer e lança poemas como gestos-matrizes de um permanente esboçar destinado ao leitor crítico. Palavras-chave: poesia brasileira; metalinguagem; funções da linguagem; processo de condensação poética
Abstract: The purpose of this dissertation is to analyse metalanguage s proceedings on Edgard Braga s poetry, by the characterization of its singularity and by the identification of a predominant special tendency. In order to reach this intent, we analyse several phases of this poetic production (1933-1985). Braga s poetry went trough the twentieth century among different esthetic transformations: from the influence of the symbolist/parnasianism movement to the concrete poetry, calligraphic poetry and visual poetry (tatoemas). On this study we emphasize the passage from de verbal poetry to the visual poetry. Twenty poems are selected and analysed. The basis of the research are the functionalist theory of Roman Jakobson and some concepts of genetic criticism. The approaching methods of the object are abductive, deductive and inductive. By the research and study of these transformations, we can recognize two different ways of metalanguage on Braga s work, which we denominate expression s metalanguage and construction s metalanguage. The first way refers to the critic reflection about theme, meaning; the second way refers to the composition/decomposition of the poem and the signs of the poem and its aspects of matter and form. It s possible recognize on this poetry some tendencys: there is an increase of metalinguistic function s with predominance of references about genesis of poem. By the continuous emphasis of use of construction s metalanguage and gradual disuse of expression s metalanguage Edgard Braga s work searchs the essential poetic gesture and to denudates the poetic process, creating poems like unfinished gestures forever directed to critic readers
Palavras-chave: Poesia brasileira
funções da linguagem
processo de condensação poética
brazilian poetry
metalanguage
language functions
Metalinguagem
Braga, Edgard, 1897-1985 - Crítica e interpretação
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Amaral, Beatriz Helena Ramos. A transmutação metalinguística na poética de Edgard Braga. 2005. 225 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14889
Data de defesa: 21-Jun-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Beatriz Amaral.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.