???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14369
Tipo do documento: Tese
Título: Copidescagem: um estudo pelo viés da (re)textualização e da organização sociorretórica de gênero
Título(s) alternativo(s): Copyediting: a study from the (re)textualization and sociorhetorical organization point of view
Autor: Aguiar, Andréa Pisan Soares 
Primeiro orientador: Crescitelli, Mercedes Fátima de Canha
Resumo: Este trabalho situa-se na linha de pesquisa Leitura, Escrita e Ensino de Língua Portuguesa, do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e tem como tema o estudo da copidescagem de textos do gênero introdução de dissertação de mestrado segundo a perspectiva sociorretórica de estudo do gênero textual. Nossa hipótese é que a organização retórica, as operações de retextualização e os princípios de textualidade, quando utilizados conjuntamente na copidescagem, constituem um subsídio importante para o trabalho realizado pelo profissional que atua nessa etapa. O objetivo geral de nossa pesquisa é buscar a compreensão acerca da atividade de copidescagem, considerando as alterações realizadas pelo copidesque nos textos selecionados. Para a consecução desse objetivo, estabelecemos como objetivos específicos: 1) identificar, nos excertos selecionados pertinentes a cada passo retórico (perspectiva sociorretórica de estudos de gênero), as operações de retextualização que emergem das alterações textuais realizadas pelo copidesque e 2) examinar as implicações textuais, em relação aos movimentos e passos retóricos, bem como aos princípios de textualidade, decorrentes das operações de retextualização observadas nos excertos. De modo a alcançarmos tais objetivos, fundamentamo-nos em Koch e Cunha-Lima (2009), para tratar da perspectiva sociointeracional da língua; em Swales (1990), da organização sociorretórica; em Travaglia (2003) e em Marcuschi (2007), da retextualização e suas operações, e em Beaugrande e Dressler (1981) e Beaugrande (1997), dos princípios de textualidade. O corpus é formado por 32 excertos apresentados em suas versões originais e copidescadas. A pesquisa realizada permitiu-nos observar que a confluência do aporte teórico oferecido pela teoria de gêneros segundo a perspectiva sociorretórica, pelas operações de retextualização e pelos princípios de textualidade constituem um subsídio importante para o copidesque atuar de forma mais abrangente e competente em comparação a uma atuação tradicional que priorize aspectos gramaticais, ortográficos, de formatação e padronização
Abstract: This work is situated in the Reading, Writing and English Language Teaching research line of the Program of Postgraduate Studies in Portuguese Language at the Catholic University of São Paulo (PUC-SP). Its theme is the study of copy-editing texts of the genre introduction of master's thesis in a (re)textualization and sociorhetorical organization genre perspective. Our hypothesis is that the rhetoric organization, retextualization operations and principles of textuality, when used together in copy-editing, constitute an important tool for the work done by the copydesk. Thus, the overall goal of our research is to understanding the copy-editing activity, considering the changes made by the copydesk on the selected texts for analysis. In order to achieve this goal, we set the following specific objectives: 1) identify, based on the analysis of selected relevant excerpts of a rhetorical step, which retextualization operations emerge from the textual changes made by the copydesk and 2) examine the textual implications in relation the rhetorical moves and steps, and for the principles of textuality, arising from retextualization operations observed in the excerpts. In order to achieve these goals, we are based in Koch and Cunha-Lima (2009) to explain the sociointeracional perspective of language; in Swales (1990), the sociorhetorical organization; in Travaglia (2003) and Marcuschi (2007), the retextualization and its operations, and in Beaugrande and Dressler (1981) and Beaugrande (1997), the principles of textuality. The corpus we selected consists of 25 excerpts presented in their original and copydesked versions. This study allowed us to observe that the confluence of the theoretical framework provided by the theory of genres, by retextualization operations and by textuality principles are important resources which can permit copydesks work in a more comprehensively And competent way compared to a traditional performance based only in grammatical, spelling, formatting and standardization aspects
Palavras-chave: Copidescagem
Retextualização
Princípios de textualidade
Gêneros textuais
Copydesk
Retextualization
Principles of textuality
Textual genre
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Língua Portuguesa
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Aguiar, Andréa Pisan Soares. Copyediting: a study from the (re)textualization and sociorhetorical organization point of view. 2015. 198 f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14369
Data de defesa: 28-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andrea Pisan Soares Aguiar.pdf1,62 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.