???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14193
Tipo do documento: Dissertação
Título: Contribuindo para a compreensão da prática de copidesque: o gênero introdução de dissertação de mestrado
Título(s) alternativo(s): Contributing to the understanding of the copyediting professional practice: the genre introduction of MSc dissertation
Autor: Aguiar, Andréa Pisan Soares 
Primeiro orientador: Crescitelli, Mercedes Fátima de Canha
Resumo: O tratamento de textos que irão a público é uma atividade que data do século III a.C. quando os textos eram produzidos por escribas nos monastérios. Já no século XV, tipógrafos, professores e eruditos passaram a exercer esse trabalho obedecendo a certas regras de padronização, até então inexistentes. Atualmente, embora a etapa de tratamento textual de uma obra seja importante, a presença dos profissionais que a realizam, a saber, o revisor e o copidesque, é cada vez menos frequente, quer nas redações de jornais, quer nas editoras. É comum a confusão ao se definir o que é copidescagem e o que é revisão. Na primeira etapa, o profissional realiza intervenções textuais complexas e profundas, que podem alterar a estrutura do texto. Na segunda, procede-se a busca por incorreções que tenham permanecido, como problemas relacionados a aspectos gramaticais e ortográficos, bem como aqueles relacionados à padronização do texto. A fim de observar as alterações sugeridas pelo copidesque e compreender de forma mais abrangente sua atuação, selecionamos como corpus textos pertencentes ao gênero introdução de dissertação de mestrado, na versão original e na versão que passou por copidescagem. Para alcançarmos esse objetivo, valemo-nos dos estudos de gênero, considerando a vertente norte-americana da qual fazem parte Miller (2009a, 2009b, 2009c), Swales (1990, 2004), Bhatia (1993) e Bunton (1998, 2002); dos últimos três, tomamos os respectivos modelos metodológicos para aplicar nesta pesquisa, consideramos, ainda, os estudos de Bazerman (2006a, 2006b, 2007), para quem a escrita está imbuída de agência . Por meio da investigação empreendida foi possível observar que os estudos de gêneros, em especial, os relacionados aos movimentos retóricos, podem contribuir sobremaneira para a compreensão e para o aprimoramento da prática de copidescagem
Abstract: The processing of texts that will be public is an activity dating from the 3rd century b.C when the texts were produced by scribes in monasteries. Already in the 15th century, typographers, teachers and scholars began to carry out this work, obeying certain rules of standardization, hitherto non-existent. Currently, although the textual treatment stage is important, the presence of professionals to perform, namely, the proofreader and copyediting, is becoming less frequent in newspapers and publishers. It is common confusion in defining what is copyediting and what is proofreading. In copyediting, the professional performs textual complex interventions, which may change the structure of the text. In proofreading, the search for inaccuracies that have remained, as grammatical errors, as well as those related to the standardization of the text. In order to observe the changes suggested by copy writing and understand more comprehensively his acting, we selected as corpus texts belonging to the genre introduction of MSc dissertation, in the original and copyedited version. To achieve this goal, we were based on north-american genre studies, which Miller (2009a, 2009b, 2009c), Swales (1990, 2004), Bhatia (1993) and Bunton (1998, 2002); we take their methodological models to apply in this research, as well as, the studies of Bazerman (2006a, 2006b, 2007), for whom writing is "agency". Through this research it was possible to observe that the studies of genres, in particular those related to the rhetorical moves, can contribute greatly to the understanding and the improvement of copyediting
Palavras-chave: Copidesque
Revisão
Introdução
Estudos de gêneros textuais
Copy writing
Review
Introduction
Studies of textual genres
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Língua Portuguesa
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Aguiar, Andréa Pisan Soares. Contributing to the understanding of the copyediting professional practice: the genre introduction of MSc dissertation. 2011. 295 f. Dissertação (Mestrado em Língua Portuguesa) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14193
Data de defesa: 9-May-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andrea Pisan Soares Aguiar.pdf2,61 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.