???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1396
Tipo do documento: Dissertação
Título: Investimento social privado: discussão sobre o papel das fundações na gestão das políticas sociais
Autor: Maillard, Nathalie de Amorim Perret Gentil Dit 
Primeiro orientador: Junqueira, Luciano Prates
Resumo: O presente trabalho se propõe a estudar as fundações corporativas com o objetivo de discutir o seu papel na gestão das políticas sociais. O estudo é motivado pois as fundações vêm assumindo papel de destaque como agentes de políticas sociais, não apenas pelo enorme volume de recursos disponíveis, mas também por sua inserção na gestão de tais políticas através de projetos. A princípio, as fundações foram designadas executoras de ações sociais, hoje são vistas por suas mantenedoras como organismos estratégicos, capazes de efetivar uma gestão mais sustentável e de ampliar o diálogo entre empresas e a comunidade. As fundações, assim, implementam e geram projetos sociais com o objetivo de possibilitar à população melhores condições de vida e garantir seus direitos sociais - direito ao acesso à saúde, à educação, à habitação e a outras condições essenciais. É necessário ressaltar que não há a retirada do papel do Estado de formulador e financiador das políticas sociais, pelo contrário, o Estado amplia suas funções de planejamento, avaliação e controle, garantindo aos cidadãos o direito ao acesso a uma vida com qualidade. Para alcançar o objetivo proposto, promove-se uma revisão bibliográfica referente as transformações do papel do Estado, empresas e do Terceiro Setor. A metodologia utilizada na pesquisa foi qualitativa-quantitativa, foram realizadas entrevistas em 6 grandes e atuantes fundações corporativas na área da educação. O estudo mostrou que há uma preocupação consciente das fundações com os problemas sociais e que diversos projetos são realizados para o combate destes. Há também uma tentativa de contribuição com o Estado, mesmo que ainda não totalmente alinhadas com os programas governamentais. Mas ainda falta uma aproximação entre as organizações com ações planejadas e avaliadas. As fundações contribuem com o Estado mas ainda não há como avaliar o real impacto pela ausência de indicadores similares, além disso ainda é falha o diálogo entre os setores, assim a troca e o compartilhamento de capacidades e conhecimentos ainda é pequena
Abstract: This paper aims to study the corporate foundations and the objective is to discuss their role in social policies management. The study is motivated because foundations have been assuming a prominent role as social policies agents, not just for the resources available, but also for its inclusion in the policies management by their projects. Firstly, foundations were designated just to execute social actions, today they are seen as strategic organizations, able to effect a more sustainable management and increase the dialogue between business and community. Therefore, foundations implement and generate social projects in order to enable better living conditions for poor people and ensure their social rights - right to health, education, housing and other essential terms. It should be emphasized there isn´t a withdrawal of state policymaker and funder role in social policies, on the contrary, the state expanded its functions of planning, assessment and control, ensuring citizens' right to access quality life. To achieve our objective, we provide a literature review on the transformation of state, enterprises and Third Sector roles. The research methodology is qualitative and quantitative interviews were conducted in 6 large and active corporate foundations in education area. The study showed there is a conscious concern from foundations to social problems and several projects are carried out to combat these. There is also an attempt to contribute to state, even if not fully aligned with government programs. The foundations contribute to state but there is no way yet to assess the real impact because the absence of similar indicators, also the dialogue between the sectors is fragile, so the exchange and sharing of skills and knowledge is still small
Palavras-chave: Investimento social privado
Fundações corporativas
Políticas sociais
Social investment
Corporate foundations
Social policies
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Maillard, Nathalie de Amorim Perret Gentil Dit. Investimento social privado: discussão sobre o papel das fundações na gestão das políticas sociais. 2010. 100 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1396
Data de defesa: 24-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nathalia de Amorim Perret Gentil Dit Maillard.pdf551,25 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.