???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1359
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vantagem competitiva por meio da responsabilidade socio-ambiental: um estudo de múltiplos casos de indústrias do setor de eletroeletrônicos e autores acerca de estratégia organizacional
Título(s) alternativo(s): Competitive advantage through the socio-environmental responsibility: a study of multiple cases of industrial electronics sector and author on strategic organizational
Autor: Alves, Ernani José 
Primeiro orientador: Mañas, Antonio Vico
Resumo: O surgimento crescente de novas tecnologias, o incremento da produtividade, complexidade dos negócios por meio de impactos socioambientais deram destaque à competitividade entre as empresas não só pela vasta oferta de produtos ou serviços mas, pelos processos de gestão de forma a obter diferenciais competitivos e nesse contexto a Responsabilidade Socioambiental tem se apresentado como um tema cada vez mais importante no comportamento das organizações e tem exercido impactos nos objetivos e nas estratégias das empresas. Estudos apontam para uma demanda crescente por ações socioambientais como meio de promover o bem estar socioambiental tornando a sustentabilidade parte da agenda dos negócios. O objetivo deste trabalho foi de identificar se a responsabilidade socioambiental cria vantagem competitiva. A responsabilidade socioambiental pode ser entendida por meio de três pressupostos; como fonte para criar vantagem competitiva sob as perspectivas dos steakeholders, pela reputação da empresa que também é de interesse dos steakeholders e por fim, como obrigação legal. O posicionamento de cada empresa está associado aos princípios e valores da cultura dominante em sua gestão em que ela realiza suas operações de negócio, refletindo-se na orientação estratégica para a responsabilidade social corporativa. Portanto, a dimensão socioambiental incorporada ao negócio da empresa pode ser entendida como um programa específico para beneficiamento dos stakeholders presentes nas relações de negócios. Por meio de uma pesquisa bibliográfica e exploratória de autores como Igor Ansoff, Michael Porter, Mintzberg, Kim e Mauborgne, Hamel e Prahalad acerca de estratégia organizacional, bem como estudos de casos múltiplos de indústrias do setor de eletroeletrônicos, verificou-se que apenas Porter e Mintzberg contextualizam a Responsabilidade Social como estratégia organizacional e que a teoria porterina pôde ser confirmada uma vez que as empresas pesquisadas demonstram que as ações socioambientais estão inseridas na cadeia de valores. A pesquisa com as empresas também permitiu considerar que a Responsabilidade socioambiental caminha para duas direções - uma para criar vantagem competitiva e outra com foco na obrigação legal
Abstract: The increasing emergence of new technologies, increasing productivity, complexity of the business through social and environmental impacts have highlighted the competitiveness between the companies not only by the vast range of products or services, but the management processes to achieve competitive differential and in this context the Corporate Social Responsibility has been presented as an increasingly important theme in the behavior of organizations and has exerted impact on goals and strategies of companies. The purpose of this study was to identify which relationship of strategy and corporate social responsibility and environmental. The sustainability can be understood in some ways, as a source for creating competitive advantage on the prospects of steakeholders, another for the company's reputation is also of interest steakeholders and finally, as legal obligation. Through a literature search and exploratory of authors as Ansoff, Michael Porter, Mintzberg, Kim and Mauborgne, Hamel and Prahalad about strategy, and case studies of multiple industries in the sector of electronics, it was found that only Porter and Mintzberg context of CSR as a strategy and organizational theory Porter that could be confirmed since the companies studied show that the socio-environmental actions are included in the value chain. The survey also allowed the companies to consider social and environmental responsibility that goes for both directions - to create a competitive advantage and another focusing on legal obligation
Palavras-chave: Estratégia
Vantagem competitiva
Sustentabilidade
Strategy
Competitive advantage
Sustainability
Social responsibility
Responsabilidade ambiental
Responsabilidade social das empresas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Alves, Ernani José. Competitive advantage through the socio-environmental responsibility: a study of multiple cases of industrial electronics sector and author on strategic organizational. 2009. 103 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1359
Data de defesa: 26-Oct-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ernani Jose Alves.pdf651,46 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.