???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13532
Tipo do documento: Tese
Título: Atividades de planejar: espaços de formação e atuação critica
Autor: Estefogo, Francisco 
Primeiro orientador: Liberali, Fernanda Coelho
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo principal investigar como a linguagem que realizou a reunião de um planejamento curricular de inglês de uma escola em São Paulo é permeada pela linguagem utilizada nas reuniões de planejamento das unidades didáticas, ocorridas durante o última semestre de um curso de formação critica de professores de inglês Mais especificamente, o foco do presente estudo reside na investigação do objeto realizado e de como o processo reflexivo critico foi vivenciada a partir da relação entre as reuniões de planejamento das unidade didáticas e a reunião de planejamento curricular de inglês O presente estudo está embasado na Teoria da Atividade, conforma discutido por Vygotsky (1981,1978,1934,1989,1930,1994), Leont'e (1978,1981) e Engestrom (1987,1999). Também está pautado na reflexão critica (Freire, 1970; Smyth, 1992 Zeichner & Liston, 1987; Kemmis, 1987; Liberali, 2004, 2003,2000 1999; Magalhães, 2002, entre outros), no processo de formação dá professores reflexivos críticos, bem como em concepções dá planejamentos curriculares que têm uma perspectiva de ensino dá formação de cidadãos críticos (Padilha, 2002, Vasconcellos, 2002 Gandir Ir Gandin, 2002 Gandin & Geremasca, 2002, entre outros) As discussões dos resultados revelam que os espaços de planejamento das unidades didáticas, bem como do planejamento curricular de inglês podem ser contextos de formação e atuação critica dos envolvidos
Abstract: This study aims at investigating how the language used in the planning of the annual English language syllabus of a school in the city of Sao Paulo was conveyed by the language used in the planning of English teaching material. The latter planning took place during the last semester of a course which aims at developing critical reflective English teachers. The theoretical framework is based on Activity Theory (Vygotsky, 1981, 1978,1934,1989,1930,1994; Leont'ev, 1978,1981; Engeström 1987, 1999) and on the principles of critical reflection (Freire, 1970; Smyth, 1992; Zeichner & Liston, 1987; Kemmis, 1987; Liberali, 2004,2003, 2000,1999; Magalhães, 2002, amongst others) as a tool of developing critical reflective teachers. As well as that, it is also based on the annual syllabus school planning which has the perspective of developing critical citizens (Padilha, 2002, Vasconcellos, 2002 Gandin & Gandin, 2002 Gandin & Geremasca, 2002, amongst others). The data analysis and intepretation suggest that either the planning of English teaching materials or annual English syllabus can be contexts which may foster critical developing and acting
Palavras-chave: Planejamento
Reflexao critica
Professores de ingles -- Formacao profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Estefogo, Francisco. Atividades de planejar: espaços de formação e atuação critica. 2005. 189 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13532
Data de defesa: 30-Jun-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisco Estefogo.pdf12,91 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.