???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13306
Tipo do documento: Dissertação
Título: A ideia de cinema científico presente na obra de Jean Painlevé
Autor: Biava, Pedro 
Primeiro orientador: Goldfarb, Ana Maria Alfonso
Resumo: O cinema científico de Jean Painlevé (1902-1989) é repleto de elementos que tornaram sua análise uma fonte importante para estudar a relação entre arte e ciência nas primeiras décadas do século XX, em especial na França. Sua obra é composta por mais de 200 filmes, realizados ao longo de mais de seis décadas de trabalho como cineasta, cientista e divulgador da ciência. Painlevé utilizou o cinema como instrumento de pesquisa e divulgação científica, e fez uso de uma mistura particular de recursos técnicos e narrativos para realizar seu trabalho. Uniu a arte surrealista à objetividade científica, sempre buscando apresentar ao espectador o encantamento que ele próprio tinha pela pesquisa científica. Alguns de seus filmes tornaram-se referência para os documentaristas de ciência que o sucederam. É o caso de O Cavalo Marinho (1934), seu filme mais popular e que reúne imagens, até então inéditas, do nascimento de filhotes dessa espécie que tem no macho, o papel de gestor das crias. Painlevé fez uso de uma narrativa que mesclava informações técnicas e cientificas com elementos dramáticos e cômicos. É possível perceber como seu trabalho ajudou a tornar a ciência mais acessível e popular. Sua obra teve como temática principal a biologia marinha, mas tratou de outros temas da ciência que lhe interessavam, na física, química e em outras áreas. O uso do cinema como fonte de pesquisa da história da ciência é uma ferramenta que permitiu não apenas uma análise da evolução técnica do registro de imagens, mas também um entendimento sócio cultural do contexto histórico em que a técnica cinematográfica foi utilizada. Analisar os filmes, como parte dos documentos estudados na pesquisa, foi fundamental no processo. Além da extensa filmografia, Painlevé deixou uma série de escritos tratando do cinema que auxiliaram na compreensão de sua visão de ciência e do papel que ele atribuía ao cinema no contexto do desenvolvimento científico. Nessa dissertação, buscou-se fazer um cruzamento das informações presentes nestes filmes e textos para compreender os aspectos da História da Ciência presentes em sua obra
Abstract: Jean Painlevé s (1902-1989) scientific cinema is filled with elements that turned his analysis into an important source to study the relation between Art and Science during the first decades of the 20th century, especially in France. The filmmaker s work is composed of more than 200 movies, performed throughout more than six decades of work as a filmmaker, scientist and Science propagator. Painlevé used cinema as a research and scientific propagation instrument, and he used a particular mixture of technical and narrative resources to perform his work. He connected surrealist art to scientific objectivity, always seeking to show the spectator his own enchantment for scientific research. Some of his films became a reference for the Science documentarians that followed him. It is the case of The Seahorse (1934), his most popular film. It gathers images that were never seen before about the birth of babies from this species, where the male has the role of giving birth offspring. Painlevé used a narrative that mixed technical and scientific information along with dramatic and comical elements. It s possible to notice how his work helped Science become more accessible and popular. His work had Marine Biology as a main theme, but he worked with other scientific themes that interested him in Physics, Chemistry and other areas. Using cinema as a source of science history research is not only a tool that allows an analysis of the technical evolution of image capturing, but it´s also a sociocultural understanding of the historical context in which the cinematographic technique was used. Analyzing the films as part of the documents studied in the research was essential in the process. Besides an extensive filmography, Painlevé left a series of written material talking about cinema, which helped understand his vision of Science, and the role he assigned to cinema in the context of scientific development. In this dissertation, the objective was to cross information presented in these films and texts to understand the aspects of Science History in his work
Palavras-chave: Jean Painlevé
Cinema científico
Arte e ciência
History of Science
Scientific film
Art and science
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História da Ciência
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Biava, Pedro. A ideia de cinema científico presente na obra de Jean Painlevé. 2015. 66 f. Dissertação (Mestrado em História da Ciência) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13306
Data de defesa: 9-Mar-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pedro Biava.pdf6,15 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.