???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13288
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estação Ecológica Jureia-Itatins: elementos para uma reflexão histórica
Autor: Santos, Paulo Ernani Bergamo dos 
Primeiro orientador: Goldfarb, Ana Maria Alfonso
Resumo: O trabalho que ora se apresenta tem como foco uma área do litoral sul do Estado de São Paulo, a área da Jureia, que, devido a sua beleza cênica e à sua rica diversidade biológica, tem sido palco de interesses e pressões os mais diversos. Com a criação da Secretaria Especial do Meio Ambiente, em 1973, órgão ao qual cabiam as decisões sobre a implantação de Estações Ecológicas no país, esta área foi escolhida para abrigar uma dessas Estações, a Estação Ecológica de Jureia, cuja finalidade precípua era a de nela serem realizadas pesquisas científicas em ecologia - hipótese de trabalho que aqui se albergará. Os reclamos mundiais em prol da conservação da natureza, principalmente após a Conferência de Estocolmo (1972), fez com que a degradação ambiental se tornasse questão prioritária na agenda internacional, o que conflitava com a política desenvolvimentista de países ainda não desenvolvidos, como o Brasil. O programa nuclear brasileiro, suas marchas e contramarchas, terminou por ter um papel inesperado e crucial na consolidação da área como Estação Ecológica. Serão então apresentados dados, obtidos de fontes primárias, sobre programas de pesquisas científicas desenvolvidos na área da Jureia, formulados num primeiro momento pela Secretaria Especial do Meio Ambiente, e, posteriormente, pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, como subsídios para que se conclua, ao final, sobre a confirmação da hipótese de trabalho
Abstract: The work presented here focuses on an area of the south coast of São Paulo, the area of Jureia, which, due to its scenic beauty and its rich biological diversity, has been the scene of interests and the most diverse pressures. Since the creation of the Special Department of the Environment in 1973, which had among its assignments the decisions on deploying Ecological Stations in Brazil, this area was chosen to host one of these stations, the Ecological Station of Jureia, whose main purpose was to be the subject of scientific research in ecology - a working hypothesis that will house up here. The world demands for the conservation of nature, especially after the Stockholm Conference (1972), has made environmental degradation became a priority issue on the international agenda, which conflicted with the development policy of undeveloped countries such as Brazil. The Brazilian nuclear program, its marches and setbacks, ended up having an unexpected and critical role in the consolidation of the area as Ecological Station. It will be presented data from scientific research programs developed in the area, obtained mainly from primary sources, such as subsidies to conclude about the hypothesis
Palavras-chave: Jureia
Pesquisa científica
Ecologia
Estação Ecológica
História da Ciência
Jureia
Scientific research
Ecology
Ecological station
History of Science
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História da Ciência
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Santos, Paulo Ernani Bergamo dos. Estação Ecológica Jureia-Itatins: elementos para uma reflexão histórica. 2013. 139 f. Dissertação (Mestrado em História da Ciência) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13288
Data de defesa: 30-Oct-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paulo Ernani Bergamo dos Santos.pdf2,88 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.