???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13273
Tipo do documento: Tese
Título: Charles Babbage (1791-1871) e a mecanização do cálculo: das engrenagens à máquina de pensar
Título(s) alternativo(s): Charles Babbage (1791-1871) and the mechanization of calculus: from the gears to the thinking machine
Autor: Costa, Eli Banks Liberato da 
Primeiro orientador: Beltran, Maria Helena Roxo
Resumo: O tema das origens dos computadores tem despertado controvérsias que nem sempre ficam bem esclarecidas. Este trabalho pretende contribuir com esse assunto focalizando as máquinas calculadoras mecânicas projetadas na primeira metade do século XIX por Charles Babbage (1791-1871). São apresentadas as principais motivações de seu inventor, suas ideias, dificuldades e engenhosidade ao enfrentar alguns problemas técnicos completamente novos e desafiantes. Analisamos também as motivações e solução francesa para resolver os problemas de cálculo. No contexto dessa época, aprofundamo-nos na questão da comunicação do homem com a máquina, então uma intrigante novidade que gerou entusiasmos, controvérsias e muitas especulações. Destacamos a percepção de Babbage de que havia alguma leve analogia com as faculdades da memória , ideia compartilhada com alguns de seus contemporâneos. Surge então, já naquela época, a ideia da máquina de pensar , ancestral da idéia mais recente do cérebro eletrônico . Finalmente referimo-nos ao não tão expressivo legado técnico de Babbage em contraposição a um significativo e envolvente fato dele ter estimulado uma abertura para uma nova e fascinante atividade humana: o diálogo do homem com a máquina de sua criação
Abstract: The theme of the origins of computers has aroused controversies that are not always well enlightened. This paper intends to contribute to the subject focusing on the mechanical calculating machines designed in the first half of the nineteenth century by Charles Babbage (1791-1871). It presents the main motivations of its inventor, his ideas, difficulties and ingenuity to face some completely new and challenging technical problems. We also analyze the French motivations and solution to solve calculus problems. In the context of that time, we examined carefully the question of communication between man and machine, so far an intriguing innovation that generated enthusiasm, controversy and many speculations. We highlight Babbage s perception that there was "some slight analogy to the operation of the faculty of memory", an idea shared by some of his contemporaries. Even at that time, then, the idea of the "thinking machine" arose, ancestor of the more recent idea of the "electronic brain". Finally we refer to the not so expressive Babbage s technical legacy as opposed to a meaningful and engaging fact that he stimulated an opening for a new and fascinating human activity: the dialogue between man and the machine of his creation. Keywords
Palavras-chave: História da computação
Charles Babbage
Máquina de pensar
Mente humana
History of Science
History of computing
Thinking machine
Human mind
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História da Ciência
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Costa, Eli Banks Liberato da. Charles Babbage (1791-1871) and the mechanization of calculus: from the gears to the thinking machine . 2012. 171 f. Tese (Doutorado em História da Ciência) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13273
Data de defesa: 15-Oct-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eli Banks Liberato da Costa.pdf7,61 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.