???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13136
Tipo do documento: Tese
Título: Reestruturação produtiva e sindicalismo metalúrgico do ABC Paulista: as misérias da era neoliberal na década de 1990
Autor: Scoleso, Fabiana 
Primeiro orientador: Rago Filho, Antonio
Resumo: O objeto deste trabalho é a atuação do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na década de 1990, período da reestruturação produtiva e das suas novas dimensões do mundo do trabalho. A cooptação pelo Estado do movimento sindical e do Partido dos Trabalhadores e as relações objetivas que definiram o capitalismo, ao longo da década de 1990, caracterizaram a forma peculiar assumida pelo sindicalismo na sociedade brasileira. Assim, o neoliberalismo brasileiro adquiriu forma e conteúdo distintos como anel auto-perpetuador e revelou mais um engajamento do Estado do que um distanciamento das chamadas forças do mercado . Com intensa participação, o governo de Fernando Collor de Mello e o de Fernando Henrique Cardoso implementaram as novas bases para a reestruturação produtiva e para a reestruturação do capital. Esse engajamento Capital-Estado teve como principais conteúdos à organização social da produção, os princípios políticos e creditícios para a expansão do capital e, fundamentalmente, um novo tipo de captura da subjetividade do trabalho. O sindicalismo metalúrgico do ABC, tão combativo na década de 1980 e com profundo caráter classista, abandona esse perfil e assume uma nova lógica corporativa setorial denominado sindicalismo propositivo. O neocorporativismo sindical, de cariz propositivo, é assumido, fundamentalmente, após o IV Congresso da Central Única dos Trabalhadores em 1991 e desempenhado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, principal sindicato da base cutista, e na Câmara Setorial Automotiva (1992-1994). O novo perfil assumido abandona as práticas junto à base e assume o cupulismo e a aderência às negociações junto às empresas e governo. A crítica substantiva à ordem política e econômica é substituída pelo conteúdo negociativo. As perdas são absolutamente maiores que os ganhos para a classe trabalhadora. Os índices de desemprego do período não deixam dúvidas sobre o papel da reestruturação e sobre a ínfima influência sindical nas mudanças do setor e nos rumos da economia. Para nós, fica claro que a década de 1990 foi o período das múltiplas dimensões da reestruturação e que o Sindicalismo Metalúrgico do ABC, seguindo as orientações da Central Única dos Trabalhadores, assumiu uma posição caudatária da lógica politicista, entendido por nós, como aderência do Estado não acenando para uma lógica onímoda do trabalho
Abstract: The object of this work is the action of metallurgist Union Trade from ABC in the decade of 1990, period of the productive restructuring of its several new dimensions in the work world. The absorption by the state of the union trade movement and the Partido dos Trabalhadores and the objective relations that defined the capitalism, through the decade of 1990, characterized the peculiar way assumed by the work in the brazilian society. In this way, the brazilian neoliberalism got a different manner and content and revealed more an engagement of the state than a distance of the so called market power . With intense participation, the government of Fernando Collor de Mello and Fernando Henrique Cardoso implemented the new basis for the productive restructuring of the capital. This engagement Capital x State had as main content to the social organization of the production, the principles politics and the credits for the capital expansion and, fundamentally a new kind of capture of the work subjectivity. The Metallurgist Union Trade from 1990 ABC, so combative in the decade of 1980 and a deep class character abandon this profile and assume a new corporative sector manner dominating the Union Trade action propositive. The union trade neocorporatist , of propositive nature is assumed, fundamentally, after the IV (4 th) Congress of Central Única dos Trabalhadores in 1991 and developed by the Metallurgist Union Trade from ABC, main union trade of cutistas basis, and of the Automotive Sector Board (1992-1994). The new assumed abandoned this profile the practices to the basis and assume the neocorporatist and adherence to the negotiation with the government s companies. The substantive criticism to the political and economical order is replaced by negotiated content. The losses are absolutely bigger than the gains for the working class. The indices of unemployment of the period don t leave doubts about the role of the restructuring and about the tiny union trade influence in the changes in the sector and in the directions of economy. In our point of view, it is clear that the decade of 1990 was a period of several dimensions of the restructuring and that the Metallurgist Union Trade actions from ABC, following the guidelines of the Central Única dos Trabalhadores, assumed the propositivo profile, understood by us, a adherence to the state driven by the politicist bias
Palavras-chave: Politicismo
Reestruturação produtiva
Novo-sindicalismo
Institucionalização
Politicism
Productive restructuring
Metallurgist Union Trade from ABC
New union trade
Institutionalization
Sindicato dos Metalurgicos do ABC
Brasil -- Politica e governo --1990-1998
Neoliberalismo -- Brasil
Sindicalismo -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Scoleso, Fabiana. Reestruturação produtiva e sindicalismo metalúrgico do ABC Paulista: as misérias da era neoliberal na década de 1990. 2009. 401 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13136
Data de defesa: 5-Jun-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fabiana Scoleso.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.