???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12986
Tipo do documento: Tese
Título: Mulheres em movimento - movimento de mulheres: A participação feminina na luta pela Moradia na Cidade de São Paulo
Autor: Schwartz, Rosana Maria Pires Barbato
Primeiro orientador: Matos, Maria Izilda Santos de
Resumo: Esta tese analisa as trajetórias e experiências cotidianas das mulheres lideranças de dois movimentos de luta por moradia na cidade de São Paulo: o mutirão no Jardim Apuanã e o Movimento dos Sem-Teto do Centro. Após o estudo das bases teóricas e históricas desses movimentos, são privilegiadas as ações coletivas no cotidiano do movimento, as relações com a institucionalidade (Partido dos Trabalhadores e ONGs - Associação de Auxílio Mútuo da Região Leste - APOIO e Centro de Assessoria à Autogestão Popular - CAAP), a expansão dos quadros femininos em assessorias ou candidaturas parlamentares e a tripla militância política. Verifica-se, ainda, como isso contribuiu para as mulheres lideranças de movimentos se entenderem como sujeitos históricos. Sistematizar as histórias dessas mulheres significa resgatar as lutas pela moradia, as múltiplas formas de participação nas reuniões, coordenações, ocupações de terrenos e prédios, a militância política nas esferas organizativas dos movimentos, nos partidos e nas ONGs e as diversificadas ações coletivas no campo dos direitos de cidadania, além de reconhecer a contribuição para o encaminhamento de projetos e discussões sobre o direito de morar, trabalhar e desfrutar da cidade. Percebendo-se a vasta possibilidade de questionamentos sobre a luta dos movimentos em torno da moradia, tornou-se necessário selecionar alguns pontos que servissem de foco para a pesquisa, como as vozes femininas das líderes, as relações positivas com a institucionalidade, o coletivo, a solidariedade e as ressignificações das identidades a partir da experiência cotidiana. Portanto, não foram problematizados os sujeitos não lideranças, as posições negativas, as vozes masculinas e outras associações, partidos políticos e ONGs, o que possibilita a outros pesquisadores desenvolver desdobramentos e análises sob diversos ângulos, contribuindo para aprofundamentos de um tema de relevância no sentido da consolidação da democracia
Abstract: This thesis analyzes the paths and experiences of women that lead two fight-for-home movements in the city of São Paulo: the self-managed housing construction mutual organization at Jardim Apuanã and the Movement of Without-Roof of the Downtown. After the study of the theoretical and historical bases of those movements, the collective actions are privileged in the daily life of the movement, the relationships with the institutional sphere (Party of the Workers and MGOs - Association of Mutual Aid of the East Region - SUPPORT and Center of Advisory to the Popular Self-Administration - CAAP), the expansion of feminine staff in parliamentary advisories or candidacies and the triple political militancy. It is verified, still, how this contributed the women that lead movements as historical subjects are being understood. Systematizing those women's histories, means to redeem the fights for the home, the multiple forms of participation in the meetings, coordination, occupations of lands and buildings, the political militancy in the organizational spheres of the movements, in the parties and in NGOs and the diversified collective actions in the field of citizenship rights, besides recognizing the contribution for directing projects and discussions on the right of living, working and enjoying the city. We note the vast possibility for questionings on the fight of the movements around the home, it has become necessary to select some points to be a focus for the research, such as the feminine voices of the leaders, the positive relationships with the institutional sphere, the collective audience, the solidarity and the re-significations of the identities from the daily experience. Therefore, the non-leadership subjects, the negative positions, the masculine voices and other associations, political parties and NGOs did not get problemrelated treatment, and this enables the other researchers to develop employments and analyses under several angles, contributing to deepen in a theme of relevance for the effect of consolidating the democra
Palavras-chave: cidade
movimentos sociais
gênero
subjetividades
identidades
city
social movements
gender
subjectivities
identities
Mulheres -- Sao Paulo (cidade) -- Condicoes sociais
Politica habitacional -- Sao Paulo (cidade)
Movimentos sociais -- Sao Paulo (cidade)
cidade
movimentos sociais
gênero
subjetividades
identidades
city
social movements
gender
subjectivities
identities
Mulheres -- Sao Paulo (cidade) -- Condicoes sociais
Politica habitacional -- Sao Paulo (cidade)
Movimentos sociais -- Sao Paulo (cidade)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Schwartz, Rosana Maria Pires Barbato. Mulheres em movimento - movimento de mulheres: A participação feminina na luta pela Moradia na Cidade de São Paulo. 2007. 349 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12986
Data de defesa: 11-May-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSANA MARIA PIRES BARBATO SCHWARTZ.pdf7,6 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.