???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12944
Tipo do documento: Tese
Título: Teatro de memórias, palco de esquecimentos: culturas africanas e das diásporas negras em exposições
Título(s) alternativo(s): Theater of memories, stage of forgetfulness: African and African diaspora culture on exhibition
Autor: Cunha, Marcelo Nascimento Bernardo da
Primeiro orientador: Antonacci, Maria Antonieta Martinez
Resumo: Esta tese de doutorado procurou analisar exposições voltadas a culturas africanas e das diásporas negras. Nesta pesquisa formulamos questões relacionadas à presença de matrizes culturais africanas e de referenciais simbólicos que sustentem embates em torno da diversidade cultural do patrimônio brasileiro, trazendo a instituições culturais deste gênero o compromisso com discursos e imagens por elas produzidos e transmitidos. Neste sentido, os museus e instituições similares apresentam-se como chave no processo de criação de imagens e imaginários, devendo ser repensados seus conteúdos e formas de explicitá-los em exposições. O ocidente tem produzido referenciais simbólicos acerca do continente africano, dos povos que lá viveram e ainda vivem, que em certo sentido têm contribuído para a difusão e manutenção de estereótipos acerca de culturas africanas, sendo criadas, também idéias negativas sobre a presença de negros nas culturas ocidentais, além de omissões importantes relacionadas a fundamentos da participação de homens e mulheres negros e mestiços nas sociedades contemporâneas. Consideramos tal recorrência de imagens e sentidos como heranças de práticas sociais que utilizaram exposições ou outros meios de divulgação, em projetos de construção de imaginários sobre a superioridade de brancos em detrimento de outras etnias. Neste trabalho, através de pesquisa de campo e documental, analisamos tais processos de construções ideológicas no Brasil e Europa, tomando como exemplo Portugal e sua proposta colonial imperialista. Foram analisadas exposições em museus nas cidades de Salvador-Ba e Recife-Pe, identificando-se recorrências no tratamento do tema em suas exposições. Também foram visitadas e analisadas exposições em Lisboa, Paris e Tervuren, onde identificamos novas formas de construção de discursos sobre culturas africanas e suas inserções no ocidente
Abstract: This doctor thesis analyzed various expositions linked to the issues of African culture and the black diaspora. We discussed, within the research, questions related to affirmations of identities and the search of symbolic references, which sustain the debate of cultural diversity. Cultural institutions have to commit to these questions, as they produce and transmit the scientific discussion and images. Museums and similar institutions are key-players within the process of creating images and imaginaries, and therefore its contents and its forms of presentation within the expositions should be reconsidered. The Occident produced symbolisms concerning the African continent, about the people who lived and still live there. These symbolisms contributed to the distribution and maintenance of stereotypes about this continent, including the creation of negative ideas about the presence of black people in western societies, omitting important contributions of black men and women, as well as people of mixed race (mestiços) to contemporanean identities. These recurring constructions of images and meanings are seen as heritages of social practices that used expositions or other means of divulgation in order to construct imaginaries about the white superiority and the decline of other ethnic groups. In this thesis, we analyzed, through field and documental research, processes of construction of ideologies, in Brazil and Europe. As an example, we analyzed the case of Portugal and its imperial colonization project. We analyzed expositions in museums in the city of Salvador-Bahia and Recife-Pernambuco, identifying recurring similarities concerning the treatment of the issue within these expositions. Other expositions visited and analyzed include Lisbon, Paris and Tervuren, where new forms of how to discuss the issue of African cultures were found, including their influences on and inclusion in the Western cultures
Palavras-chave: Exposições
Culturas africanas
Diásporas negras
Imaginários
Expositions
African cultures
Black diaspora
Museology
Imaginary
Africa -- Exposicoes
Negros -- Exposicoes
Museus
Museologia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Cunha, Marcelo Nascimento Bernardo da. Teatro de memórias, palco de esquecimentos: culturas africanas e das diásporas negras em exposições. 2006. 285 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12944
Data de defesa: 20-Jun-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Marcelo Nascimento Bernardo da Cunha.pdf23,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.