???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12827
Tipo do documento: Tese
Título: Relações de trabalho, mudança e subjetividade operária na história do setor siderúrgico de Cubatão
Autor: Gomes, João Carlos 
Primeiro orientador: Rago Filho, Antonio
Resumo: Esta Tese situa-se na área de concentração, História Social, e fundamenta-se na linha de pesquisa Cultura e Trabalho, do Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É no plano da subjetividade, que estão situados os grandes impactos, colocados pelo capital para o trabalho com implicações para os trabalhadores siderúrgicos da COSIPA Cubatão/SP. O tema trata das mudanças nas relações de trabalho e seus impactos para a subjetividade dos trabalhadores. Justifica-se essa escolha pelo fato de a Empresa vivenciar a privatização e a modernização tecnológica, como processo de transformação, em 1993. A hipótese que orienta esta pesquisa é de que o homem se constitui como tal, por sintetizar experiências históricas, que põem em movimento, outras forças no contexto das relações sociais. O objetivo geral é investigar como reconhecimento, submissão e resistência se forjam nas relações de trabalho em transformação. Por objetivos específicos: examinar as relações sociais vividas pelos trabalhadores, diante das mudanças ocorridas; identificar as novas formas de controle social, advindas das novas tecnologias e da privatização; verificar os impactos das mudanças, sobre os valores produzidos pela tradição e pelos costumes. O procedimento metodológico utilizado contempla os sujeitos e suas percepções, investigando os significados atribuídos às suas experiências de vida, antes e depois da privatização. A Tese se configura por quatro capítulos, além da introdução e das considerações finais. No capítulo I, apresentam-se as formas de objetivação capitalista que se manifestam para a siderurgia. No capítulo II, apresentam-se as condições políticas econômicas e sociais que teceram a vida fabril. No capitulo III, argumenta-se sobre a experiência da reestruturação na siderurgia brasileira, focalizando a inovação tecnológica. No capítulo IV, examina-se o desenvolvimento da pesquisa, analisando as experiências vivenciadas pelos trabalhadores. Os resultados, relacionados aos objetivos, apontaram que: reconhecimento, submissão e resistência se forjam em ambiente de medo, desemprego, precarização e angústia. Os ritmos acelerados são referenciados a um tempo, em que se vivia num ambiente de segurança; as formas de autoridade e dominação se desenvolvem no interior de diferenças culturais vividas; nas ressignificações, prevalecem as identidades forjadas no período da COSIPA estatal
Abstract: This Thesis relates to Social History concentration area and is based on the Culture and Work research line of the Program of Graduate Studies in History of Pontifícia Universidade Católica de São Paulo . It is at the level of subjectivity that major impacts placed by capital to work are located, with implications to steel industry workers of COSIPA company, in the city of Cubatão, State of São Paulo, Brazil. The theme approaches the changes in work relations and their impacts to the workers subjectivity. This choice is justified by the fact that the company experienced the privatization and technological modernization, as a transformation process, in 1993. The hypothesis that guides this research is that men are constituted as such, for synthesizing historical experiences that drive other forces in the context of social relations. The general aim is to investigate how recognition, submission, and resistance build up in work relations under transformation. As particular aims: to examine social relations experienced by workers, in view of the changes occurred; to identify new forms of social control from new technologies and privatization; to verify the impacts of changes to the values produced by tradition and customs. The methodological procedure used contemplates subjects and their perceptions, investigating the meanings attributed to their life experiences, before and after the privatization. The Thesis is presented in four chapters, besides introduction and final considerations. In chapter I, the forms of capitalist objectivization which occur for steel industry are presented. Chapter II shows the political, economic, and social conditions that made up the manufacturing life. Chapter III presents arguments on the experience of restructuring in Brazilian steel industry, focusing on technological innovation. In chapter IV, the development of research is examined, analyzing the experiences taken by workers. The results, related to the aims, indicated that: recognition, submission, and resistance build up in an environment of fear, unemployment, precariousness and anguish. Accelerated rhythms are referred to a time when people lived in a security environment; the forms of authority and domination develop in the interior of cultural differences lived; in reconceptualization, the identities built in the period of state-owned COSIPA still remain
Palavras-chave: Capitalismo
Estado
Capitalism
Subjectivity
State
Trabalhadores da indústria siderúrgica
Relações industriais
Subjetividade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Gomes, João Carlos. Relações de trabalho, mudança e subjetividade operária na história do setor siderúrgico de Cubatão. 2005. 280 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12827
Data de defesa: 22-Nov-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Joao Carlos Gomes.pdf4,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.