REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/12782
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorRocha, Danielle Franco da-
dc.creator.IDCPF:11121000000por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4764506D7por
dc.contributor.advisor1Vieira, Vera Lúcia-
dc.contributor.advisor1IDCPF:04658760800por
dc.date.accessioned2016-04-27T19:30:44Z-
dc.date.available2013-07-19-
dc.date.issued2013-06-07-
dc.identifier.citationRocha, Danielle Franco da. Bancários e oligopolização: avanços e limites nas lutas contra a superexploração do trabalho na ditadura no Brasil (1964-1980). 2013. 318 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/12782-
dc.description.resumoEste trabalho investiga as lutas dos trabalhadores bancários contra a superexploração do trabalho na ditadura no Brasil, especialmente entre os anos de 1964 a 1980. Ao longo de nossa pesquisa retomamos suas finalidades, seus instrumentos, suas articulações, seus embates mais importantes contra a ditadura pós-64. Partimos das lutas dos trabalhadores bancários nesse período, porque reconhecemos a importância da resistência e do enfrentamento destes ao aprofundamento do processo de oligopolização do capital. A economia brasileira passava por uma avassaladora concentração e centralização de capital, que ganhava contornos oligopolistas, sendo fundamental entender esse momento de intensas lutas operárias no Brasil, de articulação dos trabalhadores contra o aprofundamento da lógica de subordinação brasileira aos ditames imperiais do capitalismo monopolistapor
dc.description.abstractThis paper investigates the bank workers struggles against the overexploitation of labor during the dictatorship in Brazil, especially between the years of 1964 to 1980. Throughout our research we looked into their purposes, their instruments, their strategies, and their most important struggles against post-64 dictatorship. We begin studying the struggles of bank workers in this period, because we recognize the importance of their resistance and confrontation against the deepening of the process of oligopoly of capital. The Brazilian economy was going through an overwhelming concentration and centralization of capital, which gained oligopolistic characteristics, therefore it s critical to understand that moment of intense labor struggles in Brazil, and of the workers strategies against the deepening of the Brazilian subordination to monopolistic capitalismeng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/24807/Danielle%20Franco%20da%20Rocha.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentHistóriapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Históriapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSuperexploração do trabalhopor
dc.subjectDitadurapor
dc.subjectSistema financeiropor
dc.subjectTrabalho bancáriopor
dc.subjectLutaspor
dc.subjectSindicalismopor
dc.subjectOverexploitation of laboreng
dc.subjectDictatorshipeng
dc.subjectFinancial systemeng
dc.subjectBanking workeng
dc.subjectFightseng
dc.subjectUnionismeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIApor
dc.titleBancários e oligopolização: avanços e limites nas lutas contra a superexploração do trabalho na ditadura no Brasil (1964-1980)por
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Danielle Franco da Rocha.pdf6 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.