REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/12750
Tipo: Tese
Título: Os protagonistas do Araguaia: trajetórias, representações e práticas de camponeses, militantes e militares na guerrilha (1972-1974)
Autor(es): Mechi, Patricia Sposito
Primeiro Orientador: Vieira, Vera Lúcia
Resumo: A Guerrilha do Araguaia ocorreu entre 1972 e 1974, na região sul dos estados do Pará e do Maranhão, além do norte do estado de Goiás (atual Tocantins). Envolveu cerca de 70 militantes do Partido Comunista do Brasil, partido que a organizou, e algumas dezenas de moradores que se incorporaram ao movimento. Ambos os grupos foram reprimidos pelas Forças Armadas, que prendeu, torturou e assassinou guerrilheiros e camponeses. Esta pesquisa tem como objeto de estudo as trajetórias, representações e práticas dos grupos sociais que protagonizaram este evento: camponeses, militantes do PC do B e os militares. A intenção foi a de compreender o caminho que cada grupo trilhou para chegar ao Araguaia e na região, quais eram os objetivos que tinham a intenção de cumprir e as práticas que adotaram para atingi-los. A investigação teve como fontes os depoimentos dos camponeses da região, a documentação produzida pelo Partido Comunista do Brasil sobre a guerrilha, além de registros militares sobre as operações, sejam os registros oficiais ou relatos e livros produzidos por alguns dos oficiais do Exército envolvidos na repressão
Abstract: The guerrilla occurred between 1972 and 1974 in the southern states of Para and Maranhão, and the northern state of Goiás (now Tocantins). It involved about 70 activists of the Communist Party of Brazil, which organized it, and some residents who have joined the movement. Both groups were repressed by the military, who acted in the region arresting, torturing and murdering peasants and guerrillas. This research aims to study the representations and practices of social groups who staged this event: peasants, militants PC do B and the military. The intention was to understand the way that each group walked to get to the Araguaia and the region, which were the goals that were intended to fulfill and the practices adopted to achieve them. The research has as sources the testimonies of the peasants of the region, the documentation produced by the Communist Party of Brazil on guerrilla warfare, and military records on transactions, are official records and reports and books written by some of the army officers involved in the repression
Palavras-chave: Guerrilha do Araguaia
Camponeses
Esquerda
Repressão
Araguaia guerrilla
Peasants
Left
Repression
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: História
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Mechi, Patricia Sposito. Os protagonistas do Araguaia: trajetórias, representações e práticas de camponeses, militantes e militares na guerrilha (1972-1974). 2012. 401 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12750
Data do documento: 18-Set-2012
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Patricia Sposito Mechi.pdf13,05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.