???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12731
Tipo do documento: Dissertação
Título: Democracia e socialismo nos debates do Partido dos Trabalhadores (1987-1991)
Autor: Silva, Felipe Henrique Gonçalves da 
Primeiro orientador: Rago Filho, Antonio
Resumo: Esta dissertação analisa a formação e o desenvolvimento do pensamento político do Partido dos Trabalhadores (PT) entre os anos de 1987 a 1991. Busca compreender os debates acerca das categorias de democracia e de socialismo e, com isso, a apropriação da noção da democracia como um valor universal, a partir de uma leitura eurocomunista das principais teses e categorias do marxista italiano Antônio Gramsci. Para tanto, analisa discussões acerca de conceitos como: partido de massas, Estado, acumulação de forças, hegemonia, socialismo real e socialismo democrático . Nesse percurso investigativo, nos debruçamos sobre artigos da revista Teoria e Debate e resoluções políticas dos Encontros e Congressos Nacionais, ambos os documentos oficiais do Partido dos Trabalhadores. Procuramos, ainda, apreender o processo histórico de formação teórica do PT levando em conta a sua relação tanto com a esquerda brasileira da qual emerge, quanto com o caráter da esquerda democrática no mundo em geral. De modo que podemos notar que o PT, apesar de se propor como novidade histórica , engendra em si os mesmos problemas que agonizaram a esquerda em sua história, haja vista que ao rejeitar empreender uma análise teórica profunda da realidade, se torna vítima de práticas eleitoreiras e de propostas de melhores formas de administração do capital, sob o discurso de programa de crescimento econômico e distribuição de renda. A queda do Muro de Berlim e a derrocada do socialismo real consolidaram um processo de abandono das teses marxistas e de definição do socialismo democrático , ou seja, a opção pela defesa da via democrática para o socialismo evidencia a passagem da centralidade do trabalho, própria da ontologia marxiana, para a centralidade da política. Nesta mudança, foram abandonadas, em definitivo, referências marxistas que ainda pairavam e, em seu lugar, passaram a figurar elementos pósmodernos e liberais. Encontramos ao longo da pesquisa apropriações problemáticas acerca das principais teses de Karl Marx. Procuramos a partir do legado marxiano evidenciar os limites da democracia política, como a última forma de liberdade, pois se assenta sob pilares da sociedade regida pelo capital. Ao demonstrar a natureza negativa da política, evidenciamos a propositura marxiana pela superação da política e do capital e em favor da emancipação humana
Abstract: This dissertation analyzes the formation and development of the political thought of the Workers Party (Partido dos Trabalhadores - PT) between the years 1987 to 1991. It seeks to understand the debates about the categories of democracy and socialism and, therefore, the appropriation of the notion of democracy as a universal value, from a eurocomunist reading of the main theses and categories of the Italian Marxist Antonio Gramsci. It analyzes the discussions of concepts such as mass party, state, accumulation of power, hegemony, real socialism and democratic socialism". In this investigative path, we studied magazine articles from Teoria e Debate (Theory and Discussion) and political resolutions of Meetings and National Congresses, both official documents of the Workers Party (PT). Still looking to grasp the historical process of formation of the PT theory taking into account their relationship with both the Brazilian left which emerges, as with the character of the "democratic left" in the world as a whole. In this way we can note that PT, despite of being proposed as a "new historical", itself engenders the same problems that agonized left in its history, considering that by rejecting to undertake a deep theoretical analysis of reality, PT becomes the victim of electioneering practices and proposals for better ways of administering the capital, in the speech program for economic growth and income distribution. The fall of the Berlin Wall and the collapse of "real socialism" consolidated a process of abandonment of Marxist theories and definition of "democratic socialism", in other words the option for the defense of "democratic path to socialism" emphasizes the centrality of the passage from work, typical of Marx's ontology, to the centrality of politics. In this change, Marxist references have been definitely abandoned, the ones which still hovered and, instead, they feature post-modern and liberal features. We found during the research appropriations issues about the main theses of Karl Marx. We seek from the Marxian legacy show the limits of political democracy as the ultimate form of freedom, because it rests on pillars of society ruled by capital. By demonstrating the negative nature of politics, we evidenced by the Marxist bringing in order to overcome the politics and the capital in favor of the human emancipation
Palavras-chave: Partido dos Trabalhadores
Democracia
Socialismo
Socialismo democrático
Marxismo
Workers Party
Democracy
Socialism
Democratic socialism
Marxism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Silva, Felipe Henrique Gonçalves da. Democracia e socialismo nos debates do Partido dos Trabalhadores (1987-1991). 2012. 299 f. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12731
Data de defesa: 30-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Felipe Henrique Goncalves da Silva.pdf1,79 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.