???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12727
Tipo do documento: Dissertação
Título: Memórias em exílio, identidades em trânsito Angolanos no Pará (1975-2004)
Título(s) alternativo(s): Memories in Exile, Identities in Transit: Angolan Immigrants in Pará (1975-2004)
Autor: Guedes, Luana Sullivan Bagarrão
Primeiro orientador: Antonacci, Maria Antonieta Martinez
Resumo: A pesquisa discute a questão das identidades de angolanos imigrados para o Pará, seja os que vieram na década de 70, fugidos da guerra civil, seja os que imigraram para estudar nas universidades paraenses, a partir da década de 80. Envolve discussões sobre memórias, lembranças e o tratamento de recordações em suas dinâmicas relações presente/passado, silêncio/esquecimento. Considerando as narrativas e depoimentos, músicas e poesias, fotos e ritmos, como elementos constitutivos da realidade social que expressam significados e valores culturais e históricos, busca-se compreender através da metodologia de história oral, como o movimento diaspórico contribuiu para a construção e reconstrução de identidades desses imigrantes angolanos. Assim, dialogamos com interpretações e reinterpretações sobre suas experiências vividas antes e depois desses processos imigratórios, em discussões que envolvem dinâmicas de identidades, diásporas, relações familiares e cotidianos.
Abstract: This research explores the identities of two groups of angolan immigrants in Pará: those who came during the 70 s running away from the civil war and those who immigrated during the 80 s and the 90 s to study in the local universities. We discuss the way in which those immigrants have dealt with their memories and remembrances to build new, dynamical relations with the past and with the silence/oblivion. Taking into account narratives and reports, music and poetry, photos and rhythms elements that express meaningful parts of the social reality we study , we seek to understand, through the methodology of oral history, how the diasporical movement has contributed to build and rebuild the identities of those immigrants. Therefore, we will dialogue with the interpretations and reinterpretations of the their own life experiences before and after the migrational process. Our discussions involve their dynamics of identity, diaspora, family relations and everyday life.
Palavras-chave: Angolanos - Emigração e imigração - Pará
Brasil
diásporas
memória
Angolan, Brazil, diaspora, memory, cultural identity.
Identidade cultural
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Guedes, Luana Sullivan Bagarrão. Memórias em exílio, identidades em trânsito Angolanos no Pará (1975-2004). 2005. 169 f. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12727
Data de defesa: 30-Sep-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luana Sullivan Bagarrao Guedes.pdf1,85 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.