???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12721
Tipo do documento: Dissertação
Título: Motoboys: filhos do asfalto nas artérias da exclusão
Autor: Barbaric, Silvana de Andrade 
Primeiro orientador: Vieira, Vera Lúcia
Resumo: Este estudo tem por objetivo a análise de um novo profissional que emerge do mundo do trabalho urbano: o motoboy. Buscamos demonstrar que a problemática que envolve os motoboys na realização de sua atividade laboral, na cidade de São Paulo precisa ser entendida não apenas pelos índices de acidente e morte no trânsito e pelo trânsito que os enreda, mas, sobretudo por uma processualidade latente, fruto de um momento histórico que se revela marcado por transformações especialmente na concepção e condição espacial da cidade e no mundo do trabalho. Demonstramos como este profissional circula entre mundos com a mesma velocidade que circulam as mercadorias que ele transporta pelas vias da cidade. Para fundamentar a pesquisa, apresentamos relatos e impressões do motoboy colhidas em seu ambiente de trabalho, em seu momento de lazer, em seu território e nos respaldamos em documentos oficiais produzidos pelos órgãos do Estado e também em notícias de jornais. Por ser uma atividade profissional bastante recente no cenário econômico da cidade, pois tem suas origens no final da década de 80 e crescimento intenso nos prelúdios da década de 90, evidenciamos suas constantes reivindicações pela regulamentação de seu trabalho e também pelo reconhecimento de um trabalho multifacetado, capaz de cumprir com excelência os desejos de consumo do capital e ao mesmo tempo interpor-se diante de um dos objetos mais reluzentes deste sistema, o carro. Um momento importante da análise foi percorrer a subjetividade deste profissional, marcada notadamente por relações expressas pelo mundo do trabalho, mas que em alguns momentos foi capaz de transcender o capacete e a moto e demonstrar-se perceptivo, criativo e vivo, neste sentido capaz e desejoso de viver sua identidade social
Abstract: This study aims at analyzing a new professional that emerges from the urban world of work: the motoboy. It also sought to demonstrate that the problematic involving the motoboy in carrying out their work activities in the city of São Paulo must be understood not only by the rates of injury and death in traffic and by traffic that the plot, but above all by a latent processuality coming from a historic moment that reveals itself especially marked by changes in the conception and spatial condition of the city and in the world work. To support the research, we present reports and impressions of the motoboy taken from his work, in his free time, in his territory. To demonstrate that this professional moves among worlds at the same speed this moves the goods by roads in the city. Being a fairly recent professional activity in the economic scenario of the city, it has its origins in the late 80 s and strong growth at the dawn of the 90 evidenced the constant demand in search of regulation, but also a recognition of the multifaceted work, which able to comply with the wishes of excellence capital consumption and at the same time it brings in front of one the most glittering objects of this system, the car. An important moment of the analysis was to travel the subjectivity of this professional, especially marked by relations expressed by the world of work, but at times was able to transcend the helmet and the motorcycle and proves to be perceptive, creative and alive, in this sense able and willing to live his social identity
Palavras-chave: Motoboys
Informalidade
Acidente de trânsito
Trabalho precário
Cidade
Circulação
Informality
Traffic accident
Precarious work
City
Circulation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Barbaric, Silvana de Andrade. Motoboys: filhos do asfalto nas artérias da exclusão. 2011. 158 f. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12721
Data de defesa: 19-Dec-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Silvana de Andrade Barbaric.pdf3,63 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.