???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12631
Tipo do documento: Dissertação
Título: Na senda do moderno: fortaleza, paisagem e técnica nos anos 40
Autor: Silva Filho, Antonio Luiz Macêdo e 
Primeiro orientador: Sant'anna, Denise B. de
Resumo: Este trabalho tem como proposta investigar a constituição tensa e contraditório de um ideário moderno em Fortaleza durante os anos 1940, especialmente em sua primeira metade, que coincide com o advento da Segunda Grande Guerra. Neste período, a capital cearense passou por um processo de modernização tecnológica que incluiu a afirmação e atualização de descompassos entre comportamentos da população local e o imaginário civilizado que se queria instaurar mediante ação das elites e do poder público. Em termos de infra-estrutura, a cidade apresentava implementos e processos técnicos significativos, alguns dos quais iniciados na década anterior, como a pavimentação a concreto, a introdução da eletricidade na iluminação pública, o adensamento do tráfego motorizado, o recrudescimento da aceleração urbana, o surgimento de uma unidade arquitetônica sem precedentes - o arranha-céu -, a derrocada do bonde elétrico. Todos estes componentes, aliados ao crescimento demográfico ocorrido entre 1930 e meados dos anos 40, imprimiram certas transformações na urbanização e na paisagem técnica de Fortaleza, em que se percebem conflitos e rearranjos entre antigo e novo, tradição e modernidade, província e metrópole, contribuindo para a progressiva formação de novas sensibilidades urbanas, no entrecruzamento de territórios e temporalidades hauridos na experiência cotidiana. Neste contexto paradoxal, privilegiou-se a reflexão em torno de efígies de progresso e civilização que assinalariam a composição da modernidade desejada, fomentadas pelo objeto técnico, o universo do consumo, a legitimação de padrões de comportamento no espaço público, os melhoramentos urbanos - processo difuso e complexo que põe em relevo as profundas ambiguidades da modernização periférica. As principais fontes utilizadas foram jornais do período, além de crônicas e memórias sobre a cidade
Palavras-chave: Fortaleza
Cotidiano
Moderno
Técnica
Consumo
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Silva Filho, Antonio Luiz Macêdo e. Na senda do moderno: fortaleza, paisagem e técnica nos anos 40. 2000. 238 f. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12631
Data de defesa: 30-Nov-2000
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Antonio Luiz Macedo e Silva Filho.pdf10,62 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.