???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12417
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perfil, dificuldades, demandas e estratégias de um grupo de idosos no uso dos medicamentos em uma UBS no município de Maracanaú-CE
Título(s) alternativo(s): Profile, difficulties, demands and estrategies of an elderly group in the use of medicines in a basic health care unit (Unidade Básica de Saúde-UBS, in Portuguese)in the town of Maracanaú-CE
Autor: Albuquerque, Francisca Maria Dias 
Primeiro orientador: Côrte, Beltrina
Resumo: demográfica e epidemiológica. Consequentemente, as doenças crônicas acompanham esse desenvolvimento, afetando principalmente a população idosa e exigindo cada vez mais a utilização de medicamentos para o seu controle. Esta pesquisa teve como objetivo conhecer o perfil de um grupo de idosos em uma UBS no município de Maracanaú-CE. Trata-se de estudo com abordagem qualitativa, descritivo e exploratório. A coleta de dados, em janeiro de 2012, foi feita a partir da elaboração de um instrumento de pesquisa, entrevista semiestruturada, em que se abordou o perfil sociodemográfico, quantidade de medicamentos, tomada diária, morbidades, medicamentos utilizados, dificuldades e estratégias em relação ao seu uso. Para análise dos dados utilizamos o software Statistical Package for the Social Science (SPSS) e a análise de conteúdo. Participaram da pesquisa 36 idosos - 10 homens e 26 mulheres, de 60 a 83 anos, sendo a média de idade entre os sexos de 70 anos, em acompanhamento ambulatorial em Unidade Básica de Saúde no município de Maracanaú, Ceará. O estudo evidenciou quatro dificuldades relatadas pelos idosos no uso da medicação: incompreensão da receita médica, comprometimento na identificação dos medicamentos, déficit de orientação e baixa escolaridade. Destacamos os aspectos sociodemográficos que influenciam a não compreensão da receita médica; o contato com os profissionais de saúde é insignificante se observarmos o tempo da consulta e o prazo de agendamento; tempo de consumo dos medicamentos pelos idosos não os familiariza com o nome dos fármacos; a identificação dos medicamentos é uma das dificuldades apresentadas por eles, que merece relevância pelo fato de ser elemento indispensável na manutenção da saúde. A dificuldade de reconhecer os medicamentos pode ser justificada pelo fato de os mesmos serem distribuídos pelo SUS em embalagens parecidas, diferenciando-se apenas pelo tamanho e às vezes pela cor. A não compreensão da receita médica compromete a adesão ao tratamento, consequentemente há aumento dos riscos de interação medicamentosa, iatrogenias e hospitalização. As mulheres recebem mais orientações do serviço de saúde, porém, são as que mais apresentam doenças crônicas, são mais medicalizadas e as que mais se automedicam e usam incorretamente as medicações, em comparação ao sexo masculino. As características sociodemográficas dos idosos em estudo indicam necessidades de intervenções coletivas e individuais na utilização adequada dos medicamentos. Acreditamos que por meio deste estudo é possível contribuir com novas diretrizes e estratégias capazes de auxiliar os idosos no uso adequado das medicações
Abstract: Population ageing has been undergoing a demographic and epidemiological process.Hence, the simultaneous emergence of chronic diseases affecting mostly the elderly and requiring the use of medicine to keep those conditions under control. This research intends to identify the profile of a group of elderly from a basic health care unit (Unidade Básica de Saúde-UBS, in Portuguese)in the town of Maracanaú, CE. Its approach is qualitative, descriptive and exploratory. Data were collected in January, 2012, by use of a research tool, semistructured interview, which addressed the socio-demographic profile, amount of medicine, daily intake, morbidities, prescribed medication and difficulties concerning its usage We resorted to the software Statistical Package for the Social Science (SPSS) and content analyses to analyze the data. A total of 36 elders 10 males and 26 females, between 60 and 83 years old, with an average age of 70 for both sexes undergoing outpatient follow-up at a basic healthcare unit (Unidade Básica de Saúde-UBS, in Portuguese)in the town of Maracanaú, CE, participated in this survey. Four difficulties with the use of medicine mentioned by elders were highlighted: failure to understand doctor s prescription,. failure to identify medicine, orientation disability, poor schooling . We draw attention to the socio-demographic aspects affecting the doctor s prescription understanding, too brief an interaction between patient and health care professionals,during appointments and scheduling time frame; medicine intaking period prevents elders from getting familiar with pharmaceutical drug names; the sorting out of their medication deserves close attention, as it is a key factor for leading a healthy life. Difficulty in recognizing medicine can be explained by minor differences in size and sometimes in color found in the almost identical packages of medicine distributed by the Brazilian Unified National Health System (Sistema Único de Saúde SUS, in Portuguese). Failure in understanding doctor s prescription undermines the commitment to treatment, and, thus, increases the risk of potential drug interaction, iatrogenic conditions and hospitalization. Despite being more frequently oriented by health care system professionals, female patients are more commonly vulnerable to chronic diseases, receive more medication, perform self-medication and make wrong use of their medicine more often, as compared to male patients. The sociodemographic peculiarities of the elderly pinpoint the need for collective and individual action concerning medicine intaking. We believe that, this study shall play an important role in providing guidelines and strategies which might help the elders to make proper use of their medication
Palavras-chave: Idosos
Medicamentos
UBS
Unidade Básica de Saúde
Gerontologia
Maracanaú-Ceará
Elderly
Medicine
(Basic Health care Unit), Gerontology
Maracanaú-CE
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Gerontologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Albuquerque, Francisca Maria Dias. Profile, difficulties, demands and estrategies of an elderly group in the use of medicines in a basic health care unit (Unidade Básica de Saúde-UBS, in Portuguese)in the town of Maracanaú-CE. 2012. 119 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12417
Data de defesa: 22-Oct-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisca Maria Dias Albuquerque.pdf5,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.