???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1229
Tipo do documento: Dissertação
Título: Gestão do conhecimento em instituições privadas de ensino superior: bases para a construção de um modelo de compartilhamento de conhecimento entre os membros do corpo docente
Autor: Gallucci, Laura
Primeiro orientador: Trevisan, Leonardo Nelmi
Resumo: A Gestão do Conhecimento tem sido estudada, com maior freqüência, focando o conhecimento explícito e o suporte tecnológico, sendo percebida como uma evolução lógica dos tradicionais sistemas de informação. Em decorrência dessa visão, ela vem sendo implementada, sobretudo, por empresas cujas operações estão ligadas à tecnologia de ponta. Esta forma de perceber a Gestão do Conhecimento tende a excluir organizações em que o conhecimento tácito é o principal ativo, como ocorre nas instituições de ensino superior; estas se enquadram no conceito de empresas do conhecimento , pois suas principais funções são gerar, gerir e disseminar conhecimento, seus serviços têm alto grau de intangibilidade e sua qualidade está diretamente ligada à qualidade e ao conhecimento (principalmente tácito) armazenado sob a forma de capital intelectual individual na mente de seus professores. Somando-se a este quadro o aumento acelerado da concorrência no setor do ensino superior privado no Brasil, pode-se perceber a implementação da Gestão do Conhecimento nessas instituições de ensino como um fator-chave para garantir sua sobrevivência e sua competitividade, por sua contribuição para aumentar a qualidade dos serviços educacionais prestados. Face ao cenário apresentado, o objetivo desta dissertação é estabelecer as principais bases de um modelo de Gestão do Conhecimento especialmente desenvolvido para atender às características das instituições de ensino superior, e cujo foco está no compartilhamento de conhecimento (sobretudo tácito, mas também explícito) entre os membros de seu corpo docente. Para atingir o objetivo proposto, duas questões de pesquisa foram exploradas: quais devem ser as bases do modelo e quais são as condições internas às instituições de ensino superior que aumentam ou reduzem a probabilidade de que um modelo de Gestão do Conhecimento seja implementado com sucesso. À busca de um aprofundamento conceitual em relação às questões de pesquisa, utilizou-se o método histórico, com a revisão de conceitos e teorias sobre Gestão do Conhecimento nos últimos cinqüenta anos, e o método comparativo, com a análise e a seleção das fontes bibliográficas mais adequadas à finalidade deste trabalho. Para reforçar a aplicabilidade de modelos de Gestão do Conhecimento à realidade das IES, o procedimento metodológico também incluiu a seleção e a análise de casos reais, estudos e pesquisas com três focos: a Gestão do Conhecimento em empresas comerciais , a Gestão do Conhecimento em instituições de ensino superior e o impacto da perda de colaboradoreschave no capital intelectual institucional. O modelo resultante contém as principais bases para a implementação da Gestão do Conhecimento em instituições de ensino superior e atende às particularidades de boa parte dessas instituições, cuja cultura não estimula o compartilhamento do conhecimento e que não se dispõem a fazer investimentos significativos em inovações cuja eficácia não possa ser comprovada de antemão
Abstract: Knowledge management has most frequently been studied focusing on the explicit knowledge and technological support, and has been perceived as a logical evolution of traditional information systems. Deriving from this view, it has been implemented mainly by companies which operations demand high technology. This way to perceive knowledge management tends to exclude organizations in which tacit knowledge is the main asset, as it occurs at colleges and universities; these organizations fit the concept of knowledge companies , because their main goals are create, manage and disseminate knowledge, their services are mainly intangibles and their quality is directly linked to quality and knowledge (mainly tacit) kept it as individual intellectual capital, in their teachers mind. Adding to this scenery the fast raising of competition in private colleges and universities in Brazil, it s possible to observe the implementation of knowledge management in these teaching institutions as a key-factor to guarantee their survival and competitivity, because of it contribution to increase the quality of teaching services offered. According to this situation, the goal for this dissertation is to establish the main basis for a knowledge management model, specially developed to supply colleges and universities characteristics, and have their focus on sharing knowledge (mainly tacit, but also explicit) among the members of their teaching staff. To reach the proposed goal, two research questions has been explored: which should be the basis to the model and which are the internal conditions for higher education institutions that increase or decrease the probability for a knowledge management model to be successfully implemented. In the search for a conceptual deepening related to research questions, an historical method was used, reviewing concepts and theories about knowledge management in the last fifty years, and the comparative method, with the analysis of different bibliographic sources, followed by selection of the most suitable to this work goal. To reinforce the applicability of knowledge management models to organizations reality, the methodological procedure also included the selection and analysis of real cases, studies and researches with three focuses: knowledge management in business, knowledge management in higher education institutions and the impact of loss of main collaborators in the intellectual institutional capital. The resulting model contains the main basis to implement knowledge management in higher education institutions and supplies particularities for an important part of these institutions, which culture does not stimulate the sharing of knowledge and which are not willing to make significant investments in innovations that can t have their effectiveness proved beforehand
Palavras-chave: Gestão do conhecimento
Instituições privadas de ensino superior
Conhecimento tácito
Compartilhamento do conhecimento
Trabalhador do conhecimento
Knowledge management
Private higher education institutions
Tacit knowledge
Knowledge worker
Knowledge sharing
Universidades e faculdades particulares -- Administracao
Gestao do conhecimento
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Gallucci, Laura. Gestão do conhecimento em instituições privadas de ensino superior: bases para a construção de um modelo de compartilhamento de conhecimento entre os membros do corpo docente. 2007. 151 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1229
Data de defesa: 8-May-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Laura Gallucci.pdf435,86 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.