???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12276
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCamacho, Daniela Gonçalves Leon-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4756768U8por
dc.contributor.advisor1Friedman, Silvia-
dc.date.accessioned2016-04-27T18:12:46Z-
dc.date.available2008-04-02-
dc.date.issued2005-08-16-
dc.identifier.citationCamacho, Daniela Gonçalves Leon. Preparação vocal em escolas de teatro da cidade de São Paulo. 2005. 177 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/12276-
dc.description.resumoIntrodução: Esta pesquisa direciona-se compreensão da preparação vocal do ator, uma vez que o fonoaudiólogo também é um dos profissionais que participam dessa formação. Objetivo: analisar as condições que marcam a preparação vocal de atores em escolas de teatro da Cidade de São Paulo. Método: Para este estudo sorteamos três escolas de teatro de nível técnico e realizamos análise dos seus programas, bem como entrevistas com alunos (em grupos focais) e professores (individualmente). Os dois tipos de entrevistas foram transcritos e analisados de acordo com a proposta de análise de conteúdo de Bardin (1970), que propõe uma técnica de análise por categorias. As categorias foram: Disciplina, Recursos Técnicos e Benefícios (nas entrevistas com os professores) Benefícios e Dificuldades (nas entrevistas com os alunos). Resultados: Quanto ao programa, observamos que a distribuição das aulas de voz aparece de forma diferente em cada curso e em nenhum deles há aulas de preparação vocal em todos semestres. Quanto às entrevistas dos professores, observamos que duas escolas têm uma abordagem mais voltada para a técnica vocal e uma escola está mais voltada para a construção do personagem. Todas as escolas embasam-se teoricamente em conhecimentos tanto da Fonoaudiologia como do Teatro. A maioria dos professores apóiam - se no método de Stanislavski e utiliza, como um dos recursos técnicos em suas aulas, o texto. A integração da técnica com a interpretação é realizada por todos os professores entrevistados. Em todas as escola, ao menos um dos professores entrevistados referiu associar corpo à voz. Quanto às entrevistas dos alunos, observamos que os grupos das três escolas compreendem a importância de trabalhar a voz e referem benefícios trazidos pelas aulas de preparação vocal. O grupo focal de alunos da escola 1 apresentou como única dificuldade a de transpor a técnica para interpretação. O grupo focal de alunos da escola 2 referiu dificuldade em relação ao necessário aprofundamento do conteúdo, a atualização das abordagens dos professores. dificuldades em relação à percepção da própria voz e ao trabalho da voz a partir das suas capacidades e não da voz ideal. O grupo focal de alunos da escola 3 referiu dificuldade em relação à distribuição dos professores, que leva à repetição de assuntos, e quanto à necessidade de um fonoaudiólogo na equipe. Referiu também dificuldades em relação à afinação e uso correto da voz. Conclusão: O fonoaudiólogo alcançou bons resultados como professor de disciplinas de preparação vocal no teatro. Isso, entretanto, não significa que o professor desta disciplina deva ser necessariamente o fonoaudiólogo. O que observamos foi a importância de uma articulação entre o conhecimento da areal teatral e a fonoaudiológica para que a construção da disciplina de preparação vocal possa alcançar níveis mais eficazes para o ator. A clínica fonoaudiológica também se beneficia com a inserção do fonoaudiólogo no teatro, porque esta faz - nos perceber a necessidade de trabalhar o corpo junto com a voz e nos faz compreender como trabalhar os personagens da vida cotidiana sem prejudicar a vozpor
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-27T18:12:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DanielaLeonCamacho.pdf: 1680935 bytes, checksum: 85c1f20b845e96dfacc496b335f19440 (MD5) Previous issue date: 2005-08-16eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/25198/DanielaLeonCamacho.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFonoaudiologiapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologiapor
dc.rightsAcesso Restritopor
dc.subjectvozpor
dc.subjectpreparação vocalpor
dc.subjectteatropor
dc.subjectTreinamento da vozpor
dc.subjectAtorespor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIApor
dc.titlePreparação vocal em escolas de teatro da cidade de São Paulopor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielaLeonCamacho.pdf1,64 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.