???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12240
Tipo do documento: Dissertação
Título: Música e audição: os sentidos atribuídos por Disc Jockeys de música eletrônica
Título(s) alternativo(s): Music and hearing: the meaning assigned by Disc Jockeys of electronic music
Autor: Lopes, Juliana Julio 
Primeiro orientador: Russo, Ieda Chaves Pacheco
Resumo: Disc Jockeys são profissionais da música que estão submetidos a elevados níveis de pressão sonora durante a jornada de trabalho. Foram realizados diversos estudos mostrando os impactos dessa atuação profissional na audição, entretanto, nenhum buscou compreender o sentido que os Disc Jockeys atribuem à música e à audição. Objetivo: Estudar os sentidos que Disc Jockeys atribuem à música, à audição e as possíveis implicações de sua atividade na saúde auditiva. Método: Pesquisa qualitativa de tipo descritivo, analítico e transversal, na qual formam entrevistados quatro Disc Jockeys do sexo masculino, com idades variando entre 26 e 34 anos, que trabalham com música eletrônica há, no mínimo, um ano, na região da grande São Paulo. As entrevistas forma do tipo dirigido constituídas de quatro perguntas: (1) O que a música significa ou representa na sua vida? (2) O que a música eletrônica significa ou representa na sua vida? (3) O que representa a sua audição nesse contexto? (4) Você percebe alguma mudança relacionada à audição após ter iniciado a sua atividade como Disc Jockey? Para acessarmos os sentidos expressos nos discursos, as entrevistas foram transcritas e analisadas pelo método da categorização, conforme proposto por Bardin (2009). Resultados: Os discursos mostraram três categorias: (1) Representação da música , (2) Representação da audição e (3) Mudanças na audição após ter iniciado atuação como Disc Jockey . O principal sentido atribuído a música foi o de movimentar as emoções, o sentido atribuído à audição e a mudanças na audição após ter iniciado atuação como Disc Jockey foi o de evoluir por ser uma ferramenta de escuta e imaginação que permite a aprendizagem. Considerações finais: Como às categorias (2) e (3) só foi atribuído o sentido de evolução e nunca de perda de audição, conclui-se que: 1 - a atuação como Disc Jockey só tem implicações positivas para a saúde; 2 - os Disc Jockeys entrevistados desconhecem os riscos da exposição excessiva a níveis sonoros intensos; 3 é importante fazer um trabalho fonoaudiológico voltado à prevenção da perda auditiva para o grupo de profissionais estudado 4 - são necessárias novas pesquisas para averiguar se o desconhecimento é extensivo aos Disc Jockeys em geral, o que é importante para que, no campo fonoaudiológico voltado para audição, se possa pensar em ações de saúde significativas para esse segmento de profissionais
Abstract: Disc Jockeys are music professionals exposed to high sound pressure levels during the working day. Several studies were carried out showing the impacts of such professional activity in hearing, however, none was directed to understand the meaning of music and hearing assigned by Disc Jockeys. Purpose: To study the meaning of music and hearing assigned by Disc Jockeys and the possible implications of these professional activity on the hearing health . Method: Descriptive, analytical, and qualitative research in which four Disc Jockeys were interviewed, all male, aged between 26 and 34 years, working with electronic music for at least a year in the region of greater São Paulo. It was direct interviews composed by four questions: (1) What music means or represents in your life? (2) What electronic music means or represents in your life? (3) How is your hearing in that context? (4) Do you notice any changes related to the hearing after having commenced this activity as a Disc Jockey? To reach the meaning the interviews were transcript and analyzed by the categorization method proposed by Bardin (2009). Results: The discourses showed tree categories: (1) Representation of music ; (2) Representation of hearing and (3) Changes in hearing after performing as Disc Jockey . The main meaning attributed to "music" was to move the emotions. The meaning attributed to "hearing" and to "changes in hearing after performing as Disc Jockey" was to evolve, because hearing is a tool for listening and imagination, which allows learning. Final considerations: As to categories (2) and (3) was only given the meaning of evolution and never of loss of hearing, we concluded that: 1 to perform as a Disc Jockey has only a positive implications to health, 2- the interviewed DJs don t know the risks of excessive exposure to intense sound levels; 3 - speech and hearing work is important for the group of the studied professionals; 4 - further research is needed to know whether these absence of knowledge is extensible to the group of Disc Jockeys. This research is important to develop adequated heath action in the speech and hearing field
Palavras-chave: Saúde auditiva
Hearing
Music
Hearing health
Audicao
Audiologia
Discotecarios
Musica -- Aspectos fisiologicos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Lopes, Juliana Julio. Music and hearing: the meaning assigned by Disc Jockeys of electronic music. 2009. 88 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12240
Data de defesa: 28-Jul-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Julio Lopes.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.