???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12179
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fonoaudiologia e história oral: uma narrativa sobre uma profissão construída por mulheres
Autor: Pereira, Alma Celia
Primeiro orientador: Maia, Suzana Magalhães
Resumo: Essa dissertação teve como objetivo contar a história de uma pesquisa que procurou conhecer as razões que vêm fazendo da Fonoaudiologia uma profissão de mulheres. Nesse sentido, de acordo com os fundamentos da história oral, foram coletados e analisados relatos sobre a trajetória profissional de doze fonoaudiólogas estabelecidas em Mogi das Cruzes, município paulista. As indicações sobre o predomínio feminino nessa área, que despontaram, da particularidade da trajetória de cada entrevistada, foram redimensionadas à luz da literatura sobre a história das mulheres e da Fonoaudiologia. Sob tal enfoque, esse predomínio aparece como fenômeno histórico, presente desde a gênese da área fonoaudiológica, que reflete o embate entre o desempenho dos papéis femininos mais tradicionais e o exercício de uma profissão no mundo do trabalho. Portanto, concebida como uma atividade voltada para o atendimento de crianças, centrada no consultório e com um horário flexível, a Fonoaudiologia tem-se constituído numa escolha profissional que viabiliza a dupla jornada feminina de trabalho. Os desdobramentos da marca de profissão de mulheres, como baixos salários e experiências de subalternidade profissional, acabam por reforçar o predomínio em questão
Abstract: This dissertation had as an aim to tell the history of a research which tried to find out the reasons why Phonoaudiology has become a profession for women. With such a purpose, according to the bases of the oral history, reports on the profession trajectory of twelve phonoaudiologists established in Mogi das Cruzes, a São Paulo state town, were collected and analyzed. The indications of the feminine predominance in this field, which arose from the particularity of the trajectory of each of the interviewed woman, were re-evaluated under the light of the literature about the history of women and of Phonoaudiology. Under such a focus, this predominance appears as a historical phenomenon, present since the genesis of the phonoaudiological field, which reflects the clash between playing the most traditional feminine roles and taking on a professional career. Therefore, conceived as an activity directed to the assistance of children, centered on an office and with flexible working-hours, Phonoaudiology has become a professional choice which makes the feminine double working-hours, viable. The development of the marks of a profession for women, such as lown wages and the experience of professional subordination, end up reinforcing the predominance in question
Palavras-chave: Fonoaudiologo
Fonoaudiologia
Mulheres fonoaudiologas
Profissao feminina
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Pereira, Alma Celia. Fonoaudiologia e história oral: uma narrativa sobre uma profissão construída por mulheres. 1999. 185 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1999.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12179
Data de defesa: 30-Nov-1999
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alma Celia Pereira.pdf17,94 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.