???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12160
Tipo do documento: Dissertação
Título: O acompanhamento em um serviço de saúde auditiva: indicadores de habilidades auditivas e de linguagem em crianças menores de três anos
Autor: Ribeiro, Bruna Marcondes 
Primeiro orientador: Novaes, Beatriz Cavalcanti de Albuquerque Caiuby
Resumo: Introdução: A importância do diagnóstico precoce e amplificação imediata relaciona-se diretamente a possibilidade de intervenção terapêutica fonoaudiológica. Indicadores do desenvolvimento da linguagem oral e das habilidades auditivas de crianças deficientes auditivas são fundamentais, pois compõem e subsidiam o acompanhamento desses pacientes realizado em Serviços de Alta Complexidade, oferecendo elementos para ajustes no tratamento e encaminhamentos necessários. Objetivo: Descrever e discutir indicadores de desenvolvimento das habilidades auditivas e de linguagem oral em crianças menores de três anos, por meio de estudo longitudinal realizado em um Serviço de Saúde Auditiva de Alta Complexidade; especificamente, analisar os resultados obtidos na aplicação de instrumentos que avaliam diferentes aspectos do desenvolvimento de audição e linguagem, visando discutir como a inclusão de registros de terapia e apreciações quanto ao envolvimento familiar, podem subsidiar o acompanhamento previsto pela Portaria MS/SAS Nº 587, de 07 de outubro de 2004. Metodologia: Pesquisa descritiva, composta por três casos de crianças deficientes auditivas, diagnosticadas precocemente e seus pais. Todos estavam em terapia fonoaudiológica. Instrumentos utilizados: MUSS, IT MAIS, MacArthur (CDI); Roteiro de entrevista para pais; Escala de avaliação de envolvimento familiar, prontuário dos sujeitos e diário de pesquisa. Resultados: No CDI, observamos que as crianças compreendem mais do que produzem, demonstrando aumento de vocabulário ao longo do tempo, embora aquém dos parâmetros do instrumento. Em dois sujeitos, a IT MAIS rapidamente atingiu sua pontuação máxima, indicando que, para crianças com perda auditiva moderada, o instrumento tem efeito teto, deixando portanto de ser efetivo. A partir da aplicação da Escala de avaliação de envolvimento familiar e do Roteiro de entrevista para pais, puderam ser observadas diferenças entre as famílias. O diário de pesquisa ofereceu informações singulares a respeito do desenvolvimento de cada sujeito. Conclusão: A escala IT MAIS foi pouco sensível nos sujeitos com perda moderada. O MUSS teve abrangência limitada de habilidades de linguagem oral, restringindo- se às etapas iniciais; tornando necessário instrumentos complementares. O CDI foi sensível ao crescimento do vocabulário intra-sujeito, entretanto sua extensão causou incomodo aos pais. Os instrumentos de avaliação do envolvimento familiar permitiram situar a família quanto a sua participação no processo terapêutico e sobre expectativas dos pais quanto a seus filhos. A partir dos resultados sugere-se que: no acompanhamento realizado no Serviço de Alta Complexidade, seja incluído um roteiro preenchido pelas terapeutas das crianças deficientes auditivas com informações sobre o desenvolvimento desses pacientes em todos os seus aspectos, além do envolvimento da família, objetivando agregar subsídios para o fonoaudiólogo responsável pelo acompanhamento no contexto da Rede de Saúde Auditiva
Abstract: Introduction: The importance of early diagnosis and amplification is directly related to immediate intervention. Indicators of language and auditory development of hearing impaired children are the basis for the follow up and referral procedures involved in the regular visits to the High complexity service responsible for the child. Goal: To describe and discuss indicators of language and auditory development in children younger than three years old, through a longitudinal study in a high complexity service within the Hearing Health System. Specifically, it aims at analyze different aspects of language and auditory development with the inclusion of additional instruments, such as, therapy data and parental involvement rating, and the implications for clinical decisions within the follow up visit, as stated in the Portaria MS/SAS Nº 587, October 07, 2004. Method: Descriptive, longitudinal study of three cases of hearing impaired children diagnosed early as well as their parents, all enrolled in early intervention program. IT MAIS, MUSS and MacAthur (CDI), Interview guide for parents, Family involvement rating scale, clinical records, research diary were used in data collection. Results: Using the CDI we observed that, in terms of vocabulary, children understand more than they produce, and demonstrated vocabulary increments in the longitudinal perspective, even though below parameters established for their ages. In two of the subjects IT MAIS rapidly reached maximum scores, demonstrating that it is not effective for moderate hearing losses. Data obtained through the family involvement rating scale and the interview guide enabled the observation f significant differences among the families. The research diary also offered unique information about the development of each child. Conclusions: The IT MAIS scale was not sensitive for the subjects with moderate loss. MUSS brought limited information about oral language skills, which were limited to the initial stages. It was suggested that additional instruments are necessary. CDI was sensible to intra-subject vocabulary growth; however its length was very annoying to the parents. The instruments related to parental involvement allowed for rating of family participation and expectations towards their children. It was suggested that, during the follow up visit to the High complexity service, a written protocol, filled out by the therapist should be included. Information including general development and behavior as well as family involvement can add important information that will contribute to the case management in the follow up visit within the Hearing Health System
Palavras-chave: Desenvolvimento de linguagem
Deficiência auditiva
Envolvimento familiar
Language development
Hearing impairment
Family involvement
Follow up visit
Criancas -- Linguagem
Criancas surdas -- Linguagem
Disturbios da audicao nas criancas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Ribeiro, Bruna Marcondes. O acompanhamento em um serviço de saúde auditiva: indicadores de habilidades auditivas e de linguagem em crianças menores de três anos. 2008. 190 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12160
Data de defesa: 22-Feb-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruna Marcondes Ribeiro.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.