???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11992
Tipo do documento: Dissertação
Título: Oficina sobre o cuidado da voz e de si: análise na perspectiva do professor
Autor: Ditscheiner, Érika Sousa 
Primeiro orientador: Ferreira, Léslie Piccolloto
Resumo: Introdução: os diversos fatores que interferem no bem-estar vocal de professores justificam a necessidade do fonoaudiólogo realizar intervenções com essa população. Objetivo: avaliar a percepção de professores da rede municipal de São Paulo sobre o cuidar de si e da voz, após participarem de uma oficina. Método: Considerando a facilidade de acesso e aceite das coordenadoras, foi selecionada uma escola de ensino fundamental da rede municipal de São Paulo. Aos 21 (20 professores e 1 coordenador) que aceitaram participar da pesquisa foi oferecida uma oficina de quatro encontros (total 6 horas), com o objetivo de sensibilizar os envolvidos quanto a questões relacionadas ao bem-estar geral e vocal. Todos os encontros foram audiogravados e transcritos. Antes do inicio da oficina, os participantes responderam, para caracterização dos sujeitos, os instrumentos Condição de Produção Vocal do Professor (CPV-P), Índice de Triagem de Distúrbios de Voz (ITDV) e Índice de Desvantagem Vocal Breve (IDV-10) e ao final, para avaliar o processo da oficina, à pergunta aberta O que achou da oficina? . Na sequencia foi realizada entrevista (com dois grupos de quatro participantes cada e com a coordenadora) em que foi solicitada justificativa às respostas da pergunta aberta, expectativas e sugestões quanto a Oficina. Considerou-se para análise as fontes orais referentes a transcrição da descrição da Oficina e das entrevistas, e as fontes escritas representadas pelo material entregue individualmente (Quadro sobre bem-estar vocal) e o Projeto elaborado pelo grupo, com o objetivo de dar continuidade aos aspectos abordados na Oficina. Os dados referentes à caracterização dos sujeitos foram analisados de forma quantitativa. O material das entrevistas foi organizado em três categorias (higiene pessoal, tempo, prática), as respostas ao Quadro contabilizadas e o Projeto foi analisado quanto ao seu conteúdo. Todos esses dados foram relacionados a descrição e análise do desenvolvimento da Oficina. Resultados: Os participantes apresentam mediana de idade de 54 anos e de tempo de docência de 24 anos, são em sua maioria do sexo feminino (75%), casados (58%), com ensino superior completo (90%), vínculo em apenas uma escola (85%) e trabalham de 21 a 30 horas semanais (66%). Dez deles apresentaram índice que justifica o encaminhamento para avaliação vocal e desses apenas um registrou escore compatível com desvantagem vocal. Houve maior participação nos dois primeiros encontros quando se tratou de aspectos referentes ao ambiente e organização do trabalho e aos cuidados com a saúde geral e a voz. No segundo encontro a apresentação de questões relacionadas a higiene pessoal incomodou alguns dos presentes e isso fez com que na sequencia por várias vezes comentários a respeito viessem a tona. Questionaram o pouco tempo da Oficina e sugeriram realização de mais exercícios de voz. A análise do Quadro sobre bem-estar vocal mostra a compreensão do grupo quanto a relação entre os cuidados com a saúde geral (principalmente referente à alimentação) e o bem-estar vocal. O Projeto elaborado pelos professores também demonstrou essa compreensão, considerando que planejaram ações para entender melhor o dia-a-dia dos participantes, realização de alongamentos e atividades com música para promover acolhimento. Conclusão: A análise de fontes orais e escritas dos participantes evidenciou que a Oficina proposta contribuiu para estimular a discussão sobre o cuidar de si, e consequentemente buscar o bem-estar vocal, com destaque a questões referentes ao ambiente e organização do trabalho. Houve expectativa por parte do grupo quanto a realização de exercícios vocais em maior tempo. Apesar de alguns questionamentos feitos pelos participantes, foi possível concluir que os objetivos traçados foram alcançados, fato demonstrado também no Projeto elaborado pelo grupo
Abstract: Introduction: the various factors that affect the welfare of vocal teachers justify the need for the audiologist perform interventions with this population. Objective: To evaluate the perceptions of teachers of city of São Paulo about taking care of themselves and the voice, after participating in a workshop. Method: Given the ease of access and accept the coordinators, we selected a primary school of the city of São Paulo. At 21 (20 teachers and 1 coordinator) who agreed to participate were offered a workshop of four meetings (total 6 hours), with the aim of sensitizing stakeholders on issues related to the general welfare and vocals. All meetings were taped and transcribed. Before the start of the workshop, participants responded to characterize the subjects, the Condition Vocal Production Teacher (CPV-P), Index Screening of Voice Disorders (ITDV) and Voice Handicap Index Brief (VHI-10) instruments and at the end, to evaluate the process of the workshop, the open question "what did you think of the workshop?". Interview took place in sequence (with two groups of four participants and the coordinator) in which it was requested justification to the open question, expectations and suggestions answers about Workshop. Considered for analyzing oral sources concerning the transcript of the description of the workshop and interviews, and written sources represented by the material delivered individually (Table vocal on welfare) and the project prepared by the group to continue the aspects addressed in workshop. The data concerning the characterization of the subjects were analyzed quantitatively. The interview material was organized into three categories (personal hygiene, time, practice), responses to the recorded frame and the project was analyzed for its content. All these data were related to the description and analysis of the development of the workshop. Results: The patients have a median age of 54 and 24 teaching time, are mostly female (75%), married (58%), with higher education (90%), in only one school bond (85%) and work 21-30 hours per week (66%). 10 of them had an index that warrants referral for assessment and these vocal recorded only one compatible with voice handicap score. Participation was highest in the first two games when it came to issues concerning the environment and organization of work and care for the overall health and voice. At this second meeting presenting issues related to personal hygiene bothered some of the gifts and it made in sequence by repeatedly comments about a reckoning. Questioned the limited time of the workshop and suggested conducting more exercises voice. The analysis of the voice box on welfare shows understanding of the group as the relationship between general health care (especially referring to food) and the vocal welfare. The draft prepared by the teachers also demonstrated this understanding, considering that planned actions to understand the day-to-day participants, stretching with music and activities to promote host. Conclusion: The analysis of oral and written sources of the participants showed that it helped to stimulate discussion about taking care of themselves, and consequently seek vocal welfare, with emphasis on issues related to the environment and work organization. There was expectation on the part of the group as performing vocal exercises in longer. Although some questions posed by the participants, it was concluded that the objectives were achieved, which was also demonstrated in the design prepared by the group
Palavras-chave: Voz
Bem-estar vocal de professores
Estudos de intervenção
Assistência à saúde
Saúde do trabalhador
Delivery of health care
Welfare of vocal teachers
Intervention studies
Occupational health
Voice
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Ditscheiner, Érika Sousa. Oficina sobre o cuidado da voz e de si: análise na perspectiva do professor. 2014. 84 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11992
Data de defesa: 11-Aug-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Erika Sousa Ditscheiner.pdf2,34 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.