???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11963
Tipo do documento: Tese
Título: Distúrbios de audição e a classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde
Título(s) alternativo(s): Hearing disorders and the international classification of functioning, disability and health
Autor: Costa, Thelma Regina da Silva 
Primeiro orientador: Santos, Teresa Maria Momensohn dos
Resumo: a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde propõe uma perspectiva positiva de categorização para o indivíduo que apresenta alterações de função e/ou da estrutura do corpo. Tem como objetivo descrever a natureza e a gravidade das limitações de funcionalidade (OMS 2011). Ë utilizada como uma ferramenta estatística, de pesquisa, clínica, pedagógica e de política social. Esta classificação vem sendo incorporada e utilizada nos setores da saúde e equipes multidisciplinares. Objetivo: verificar a aplicabilidade do Questionário de Auto-avaliação do Handicap Auditivo para Idosos, para classificar indivíduos segundo as categorias da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde; estabelecer as categorias da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde, para indivíduos que apresentem perda auditiva e investigar a prevalência de alterações na funcionalidade em indivíduos com perda auditiva. Método: foi realizado o Hearing Handicap Inventory for the Elderly e posteriormente selecionadas as categorias da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde. Resultados: 44,83% apresentaram percepção severa de sua incapacidade. 62,1% apresentaram: perda auditiva moderada que afeta as funções do corpo, as funções mentais, de percepção e auditiva (cod b1560.1), perda auditiva moderada que afeta as funções do corpo, as funções sensoriais, as funções auditivas e a detecção do som (cod b2300.1), alteração qualitativa na estrutura do ouvido interno, neste caso sendo caracterizada como perda auditiva sensorioneural moderada bilateral (cod s2609.173); 62,1% não apresenta dificuldade para situações que envolvam atividades de conversação com a família (cod d3508.0_); 58,6% não apresenta dificuldade nas funções auditivas de discriminação auditiva (cod b2308.0); 69,0% apresenta muita dificuldade para ouvir nas suas atividades de participação (cod d115.4_), não apresenta dificuldade em controlar emoções e impulsos nas interações pessoais complexas (cod d7202.0_), não apresenta dificuldade para frequentar serviços religiosos (cod d9309.0_); 51,7% apresenta grande dificuldade para participar na vida comunitária quando se trata de cerimônias (cod d9102.4_). Conclusão: a CIF apresenta importante aplicabilidade para categorizar indivíduos com perda auditiva; o questionário utilizado é parcialmente aplicável para classificar de forma completa as incapacidades dos sujeitos com perda auditiva
Abstract: Introduction: the International Classification of Functioning, Disability and Health offers a positive outlook of categorization to the individual that presents changes on function and/or of the structure of the body. Aims to describe the nature and severity of the limitations of functionality (OMS 2011). It is used as a statistical tool, clinical, educational, research and social policy. This classification has been incorporated and used in the sectors of health and multidisciplinary teams. Objective: to verify the applicability of the Hearing Handicap Inventory for the Elderly, to classify individuals according to the categories of the International Classification of Functioning, Disability and Health; establish the categories of the International Classification of Functioning, Disability and Health to individuals who have hearing loss and investigate the prevalence of changes to functionality in individuals with hearing loss. Method: it was applied the Hearing Handicap Inventory for the Elderly and then select the categories of the International Classification of Functioning, Disability and Health. Results: 44.83% showed severe perception of its inability. 62.1% presented: moderate hearing loss that affects the body's functions, the mental functions, perception and hearing (cod b1560.1), moderate hearing loss that affects the body's functions, sensory functions, the auditory functions and the detection of sound (cod b2300.1), qualitative change in the structure of the inner ear, in this case being characterized as sensorioneural bilateral moderate hearing loss (cod s2609.173); 62.1% does not present difficulty for situations involving conversation activities with the family (cod d 3508.0_); 58.6% does not present difficulty in hearing functions of auditory discrimination (cod b2308.0); 69.0% presents much difficulty to hear in their participation activities (cod d115.4 _), does not present difficulty in controlling emotions and impulses in complex personal interactions (cod d7202.0_), does not present difficulty to attend religious services (cod d 9309.0_); 51.7% presents great difficulties to participate in community life when it comes to ceremonies (cod d 9102.4_). Conclusion: the ICF offers important applicability to categorize individuals with hearing loss; the questionnaire used is partially applicable to classify on a complete form, the disabilities of the subjects with hearing loss
Palavras-chave: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde CIF
Perda auditiva
Idoso
Questionário de auto-avaliação
Políticas públicas
International Classification of Functioning, Disability and Health ICF
Hearing loss
Elderly
Self-assessment questionnaire
Public policies
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Costa, Thelma Regina da Silva.Distúrbios de audição e a classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde. 2013. 111 f. Tese (Doutorado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11963
Data de defesa: 27-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Final para biblioteca.pdf505,43 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.