???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11941
Tipo do documento: Tese
Título: Postura corporal, voz e autoimagem em cantores líricos
Título(s) alternativo(s): Body posture, voice and self-image in opera singers
Autor: Mello, Enio Lopes 
Primeiro orientador: Andrada e Silva, Marta Assumpção de
Resumo: O canto lírico é uma atividade que requer refinamento da coordenação motora, para obter controle da postura durante a emissão vocal, e consciência corporal para garantir harmonização dos gestos com a autoimagem. Muitas vezes, a dificuldade em promover ajustes na postura pode comprometer a qualidade e o controle da voz. Isto ocorre devido à estreita relação que existe entre a musculatura intrínseca e extrínseca da laringe, com as vértebras cervicais, bem como com o corpo todo, durante o canto. Objetivo: avaliar a postura e a voz de¬ sopranos, durante a execução de uma ária de ópera; e discutir as relações dos signos posturais e vocais com a autoimagem em cantores líricos. Método: a tese é composta por dois estudos distintos. O primeiro estudo é uma avaliação transversal da postura e da voz em 18 sopranos, durante a interpretação de uma ária de ópera, por meio, respectivamente, da fotogrametria computadorizada e da análise acústica. O segundo estudo é uma reflexão semiológica voltada para análise dos signos da postura, em' relação à autoimagem corporal e vocal de cantores líricos. Resultados: no estudo 1 evidenciou-se correlações significantes (alfa :5 0,05), entre as mudanças posturais dos membros inferiores, bacia, tronco e cabeça, e a voz, durqnte a emissão das notas Fa4, La4 e na repetição de La4. Segundo a análise atorial a posição da cabeça configurou um fator influente, para as mudanças vocais. No estudo 2, a semiologia da postura corporal, da voz e da autoimagem do cantor lírico resultaram em uma discussão, que foi organizada em três tópicos: 1- Singularidade e percepção; 2- Imagem e expressão, constituídos pelo movimento e 3- Postura, voz e autoimagem. Considerações finais: o primeiro estudo revelou que as sopranos fizeram hiperextensão dos membros inferiores, anteversão da bacia, inclinação do tronco para trás e extensão da 'cabeça no plano lateral. Concomitante, houve diminuição nos valores dos formantes do cantor e aumento na intensidade da voz. O segundo estudo expôs a ideia de que o cantor lírico altera a percepção de si mesmo, a cada nova interpretação. Isso pode criar novos signos para os gestos, e modificar a autoimagem
Abstract: Opera singing is an activity which requires refinement of motor coordination, in order to gain posture control during the vocal emission, and body awareness to ensure harmonization of gestures with the self-image. Often, the difficulty in promoting adjustments in posture can compromise quality and voice control. That occurs due to the close relationship between the larynx intrinsic and extrinsic musculatures, the cervical vertebrae, as well as the whole body, during singing. Objective: assess the sopranos' posture and voice, during tne singing of an opera aria; and discuss the relationship between postural and vocal signs and self-image. in opera singers. Method: this thesis is composed of two different studies. The first study is a transversal evaluation of posture and voice in 18 sÔpranos, during the rendering of an opera aria, through, respectively, computerized photogrammetry and acoustic analysis. The second study is a semiological reflection on the analysis of the posture signs, in relation to opera singers' body and vocal self-image. Results: in study 1 significant correlations (alpha 0,05) became evident, between postural changes of lower limbs, hips, torso and head, and voice, during the emission of notes F4, A4 and in the repetition of A4. According to the factorial analysis the position of the hS,ad configured an influent factor, to the vocal changes. In study 2, the semiology of the opera singer's body posture, voice and self-image resulted in a discussion, which was organized in three topics: 1- Singularity and perception; 2- Image and expression, constituted by the movement and 3- Posture, voice and self¬image. Final considerations: the first study revealed that the sopranos did hyperextension of lower limbs, hip anteversion, backwards inclination 'of torso and headextension in the lateral plane. Simultaneously, there was a decrease in the singers' formants values and increase in the intensity of the voice. The second study displayed the idea that the opera singer alters the perception of herself, at each new rendering. That can create new signs to the gestures and modify the self-image
Palavras-chave: Voz
Postura corporal
Autoimagem
Canto lírico
Voice
Body posture
Self-image
Opera singing
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Mello, Enio Lopes. Postura corporal, voz e autoimagem em cantores líricos. 2012. 86 f. Tese (Doutorado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11941
Data de defesa: 11-Dec-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Enio Lopes Mello.pdf2,5 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.