???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11880
Tipo do documento: Dissertação
Título: Projeção vocal: conhecimentos e abordagens na perspectiva de professores do canto erudito
Autor: Sousa, Nadja Barbosa de 
Primeiro orientador: Andrada e Silva, Marta Assumpção de
Resumo: INTRODUÇÃO: no canto erudito a voz tem que ter projeção para ser considerada funcional. Fica ao encargo do professor nortear o aluno quanto ao uso de técnicas e estratégias favoráveis para que a voz se projete, durante uma performance, com o mínimo de esforço possível. No entanto, existem polêmicas quanto ao modo de se ensinar a projeção vocal, isto porque as concepções e perspectivas de trabalho variam conforme a formação de professores de canto e correntes estéticas musicais. OBJETIVO: analisar conhecimentos e abordagens referentes à projeção vocal, na perspectiva de professores do canto erudito, atuantes no Brasil. MÉTODO: o estudo foi realizado com 72 professores de canto erudito (51 mulheres e 21 homens), atuantes em território nacional. Os participantes responderam, por via eletrônica, a um questionário aberto composto de dados de caracterização da amostra: sexo, idade, locais de atuação, tipo de formação e tempo de docência e de sete questões sobre projeção vocal no canto erudito. Para esta pesquisa, foram analisadas as duas questões centrais que trataram, diretamente, de definições e abordagens sobre a projeção vocal, na visão dos sujeitos. As respostas de cada questão foram classificadas em categorias e, em seguida, analisadas estatisticamente. Na análise estatística, as categorias foram cruzadas com as variáveis: sexo, tipos de formação e tempo de experiência docente. RESULTADOS: em relação ao que é projeção, os dados geraram as categorias: corpo, respiração, produção do som (fonte e filtro), estética do som e audibilidade. As categorias de produção do som e audibilidade foram mais citadas, e esta última foi referida por 81% dos professores do sexo masculino, dado que teve significância estatística (p=0,027). Com relação às abordagens, as categorias encontradas foram: corpo, respiração, percepção/propriocepção, imagem e forma de emissão. As duas mais citadas foram respiração e forma de emissão. CONSIDERAÇÕES FINAIS: segundo os conhecimentos dos professores de canto da amostra, do referido estudo, a projeção vocal foi definida, predominantemente, pela junção dos aspectos de produção do som e audibilidade. Contudo, a referência à audibilidade teve destaque pela significância estatística. No caso das abordagens, os fatores respiração e emissão do som foram enfatizados como as principais formas de se trabalhar e desenvolver a projeção vocal do cantor erudito
Abstract: INTRODUCTION: in erudite singing the voice has to have projection to be considered functional. It is the teacher‟s role to guide the student in using favorable techniques and strategies for vocal projection during performance, using the least possible effort. However, there are controversies concerning the teaching of vocal projection, as singing teachers have different educational backgrounds and aesthetic views. PURPOSE: To analyze the perspectives and approaches regarding vocal projection, used by erudite singing teachers in Brazil. METHODS: the subjects of this study were 72 singing teachers (51 women and 21 men), working in Brazil. The participants answered, by email, an open questionnaire, composed of sample characterization data: sex, age, work places, educational background, and time of teaching experience, as well as seven questions about vocal projection in erudite singing. For purpose of this study, the answers to the two central questions were analyzed. These questions directly concerned definitions and approaches in vocal projection, according to the subjects. The answers to each question were categorized, and then statistically analyzed. In this analysis, the categories were crossed with the following variables: sex, educational background, and time of teaching experience. RESULTS: in regards to the definition of projection, the following categories were observed: body, breathing, sound production (source and filter), sound aesthetics and audibility. The categories sound production‟ and audibility‟ were mentioned more often than the rest, and the latter was mentioned by 81% of the male teachers in this study, which is statistically significant (p=0,027). With regards to the different approaches, the observed categories were: body, breathing, perception/self-perception, image and emission forms. The categories mentioned more often were breathing‟ and emission form‟. FINAL CONSIDERATIONS: to knowledge of the participating singing teachers, vocal projection was defined, predominantly, as a combination of sound production aspects and audibility. However, the reference to audibility was highlighted, as it showed statistical significance. As far as the different approaches, breathing and sound emission were emphasized as the main strategies for work and development of vocal projection in erudite singing
Palavras-chave: Música
Canto erudito
Voz
Voz profissional
Music
Erudite singing
Voice
Professional voice
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Sousa, Nadja Barbosa de. Projeção vocal: conhecimentos e abordagens na perspectiva de professores do canto erudito. 2011. 69 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11880
Data de defesa: 21-Feb-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nadja Barbosa de Sousa.pdf826,44 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.