???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1181
Tipo do documento: Dissertação
Título: Governança corporativa como estratégia de diferenciação no mercado acionário: um estudo de ações negociadas na BOVESPA
Autor: Domingues, Fabio Araujo
Primeiro orientador: Junqueira, Luciano Prates
Resumo: Com a evolução dos mercados, principalmente a partir da globalização, os investidores passaram a demandar informações mais detalhadas sobre a qualidade dos investimentos e financiamentos realizados pelas empresas e bancos, onde a transparência e solidez das informações tornam-se então, elementos essenciais para que, as práticas de governança corporativa sejam aplicadas de maneira eficaz. A presente dissertação teve por objetivo efetuar um estudo das ações de empresas negociadas na BOVESPA comprometidas com a governança corporativa, e verificar se este diferencial tornou-se positivo para suas ações. Para tanto este trabalho estudou e apresentou resultados sobre os seguintes aspectos: o primeiro, um estudo das vinte e duas empresas que hoje compõem o Novo Mercado, verificando o desempenho evolutivo das ações de cada uma delas; o segundo, uma análise comparativa entre o índice IGC das empresas comprometidas com governança corporativa e o índice IBOV que é composto por empresas tradicionais de mercado sem comprometimento com tais práticas; e em terceiro e último, uma análise entre as duas empresas comprometidas com governança corporativa versus duas empresas de mesmo setor produtivo e ou econômico que não possuem governança corporativa implementada, verificando se houve uma divergência sensível nas suas evoluções em razão deste posicionamento. Através dos resultados obtidos podemos afirmar somente que a diferenciação limita-se à segmentar o ambiente em que a empresa se posiciona, ou seja, situando-as dentro do Novo Mercado ou no Mercado Tradicional, e também especificando a estrutura organizacional implantada em sua administração, pois devido a diversidade de variáveis que atingem o setor adicionadas ao desempenho heterogêneo apresentado pelas empresas estudadas, não pode-se afirmar que este diferencial se traduz em valorização direta de suas ações após a adesão a este segmento
Abstract: Along with the evolution of markets, mainly since globalization, investors began to claim more detailed information on investment and financing qualities given by companies and banks, where the transparency and stability of information become then, essential elements for the efficient appliance for corporative and administrating practices. This present dissertation had, as main objective, to study the company s shares, negotiated at BOVESPA, compromised with corporative administration, and to check if this differential had been positive to its shares. For this reason, this work studied and presented results on the following aspects: the first was a study of the twenty-two companies which nowadays form the New Market, checking the evolutional behavior of each one s shares; the second, a comparative analysis between the IGC index of the companies compromised with corporative administration and the IBOV index composed of traditional market companies not compromised with these practices; and third and last, an analysis between the two compromised companies with corporative administration against two companies of the same productive or economic sectors, without an implemented corporative administration, checking if an appreciable divergence occurred because of this positioning. While presenting the results obtained, we could notice that, we can only confirm that the difference is limited to segment the environment in which the company is positioned, or elsewhere, situating them in the New market or the Traditional Market, as also specifying the organizational structure implanted in their managing, because, due to the variable diversity reaching the sector, as well as by the heterogeneous behavior presented by the companies being studied, we cannot certify that this differential is translated to a direct valorization of its shares after its adherence to this segment
Palavras-chave: Governança
Mercado Acionário
Novo Mercado
Diferenciação
BOVESPA
Administration
Share Market
New Market
Differentiation
BOVESPA
Bolsa de Valores de Sao Paulo
Governanca corporativa
Bolsa de valores
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Domingues, Fabio Araujo. Governança corporativa como estratégia de diferenciação no mercado acionário: um estudo de ações negociadas na BOVESPA. 2006. 154 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1181
Data de defesa: 10-Oct-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADM - Fabio Araujo Domingues.pdf1,57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.