???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10797
Tipo do documento: Dissertação
Título: A Irmandade da Misericórdia de São Paulo e a assistência aos expostos: recolher, salvar e educar (1896-1944)
Autor: Silva, Maria Beatriz de Oliveira e 
Primeiro orientador: Bittencourt, Circe Maria Fernandes
Resumo: Esta pesquisa aborda o sistema assistencial da Irmandade da Misericórdia de São Paulo para as crianças expostas do final do século XIX a meados do século XX. Analisou-se as ações e práticas dos responsáveis pelo sistema, as relações de poder, bem como o resultado da atuação dos sujeitos envolvidos na educação dos expostos. O levantamento das fontes foi realizado no Arquivo do Museu da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Consultei os Relatórios da Mesa Administrativa relativos aos anos de 1902 a 1947, principalmente os referentes aos anos de 1903, 1936, 1943 e 1944. Os relatórios eram compostos por "relatórios" enviados pelos responsáveis pelas instituições mantidas pela Irmandade: Hospital Central, São Luiz Gonzaga, Externato São José, Hospital dos Lázaros, Asilo Santo Antonio e o Asilo dos Expostos. Os relatórios da mordomia dos expostos eram compostos de duas partes. Em uma primeira, o mordomo relatava os principais acontecimentos e o desenvolvimento das atividades nas diversas seções do Asilo: direção, escola, amas-de-leite. A segunda era elaborada pelo médico responsável pela assistência médica discorria sobre as condições de saúde, higiene e a criação das crianças pelas amas de leite. Os relatórios permitem identificar as ações e práticas dos mordomos. A partir de 1943, tem-se também o relatório da professora responsável pelo Jardim de Infância e da assistente social. Foi realizada ainda pesquisa bibliográfica sobre o contexto socioeconômico da cidade de São Paulo e acerca da História social da infância, Com ênfase na criança institucionalizada. Com esta pesquisa foi possível perceber que a assistência da Misericórdia era dinâmica, ou seja, incorporava, ainda que lentamente as inovações referentes à assistência e educação de crianças pobres. Contudo, não se percebe uma intervenção no sentido de propiciar mobilidade social às crianças, mas uma conformação ao seu status social
Abstract: This research addresses the assistance system of the Irmandade da Misericórdia de São Paulo for exposed children in the late XIX to mid-XX century. The actions and practices of individuals in charge of the system, the power relations, as well as the result of the actions of the ones involved in the exposed children's education were analyzed . The sources' survey was conducted in theArquivo do Museu da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. The Relatórios da Mesa Administrativa for the years 1902 to 1947 were consulted, mainly the ones relative to the years of 1903, 1936, 1943 and 1944. The reports consisted of "reports" sent by the heads of institutions maintained by the Irmandade: Hospital Central, São Luiz Gonzaga, Externato São José, Hospital dos Lázaros, Asilo Santo Antonio and the Asilo dos Expostos. The exposed children's stewardshipreports were composed of two parts. In the first part, the steward reported the major events and the development of the activities taking place in the various sections of the asylum: leadership, school, wet nurses. The second part, written by the physician in charge for the children's medical assistance, discoursed on the of health, hygiene and wet nurses' nurture conditions . Those reports allow to identify the actions and practices of the stewards. From 1943 on, the kindergarten teacher's report was also available, as well as the social worker's one. A literature search was also conducted about São Paulo city's socioeconomic background and also on childhood social history, with an emphasis on the institutionalized child. It was possible to observe that Misericordia's assistance was dynamic, that is, it incorporated, although slowly, innovations concerning assistance and education to poor children. However, interventions in order to provide social mobility to those children were not detected, but rather an acceptance with their social status
Palavras-chave: Expostos
Assistência e educação
Irmandade da Misericórdia
Exposed children
Assistance and education
Irmandade da Santa Casa de Misericordia de Sao Paulo -- Arquivo -- Inventarios
Criancas -- Assistencia em instituicao -- Sao Paulo (cidade) -- Historia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Silva, Maria Beatriz de Oliveira e. A Irmandade da Misericórdia de São Paulo e a assistência aos expostos: recolher, salvar e educar (1896-1944). 2010. 119 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10797
Data de defesa: 20-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Beatriz de Oliveira e Silva.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.