???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10664
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ensino da história e cultura afro-brasileira na óptica do coordenador pedagógico
Autor: Ignácio, Vera Balbino da Silva 
Primeiro orientador: Sass, Odair
Resumo: O objetivo, neste trabalho, é estudar o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira sob a óptica do professor coordenador. Deve-se destacar que a inserção da História da Cultura Afro-Brasileira é uma medida relativamente recente, pois passou a compor o currículo das escolas públicas estaduais de ensino fundamental e médio pela Lei nº 10.639/03, que altera a LDBN 9.394/06 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. O objetivo principal foi verificar a compreensão do professor coordenador no que preconiza a Lei nº 10.639/03, isto é, o debate étnico-racial no contexto escolar. Portanto, pretendeu-se relacionar a visão do professor coordenador acerca de suas possibilidades e limites no trato pedagógico do ensino de matriz africana, no que se refere ao cumprimento deste dispositivo legal. Trata-se de uma pesquisa exploratória, realizada em uma Diretoria Regional de Ensino da cidade de São Paulo. Os dados foram obtidos por meio da legislação educacional federal anti-racismo e de um questionário referente às reivindicações, à cultura e à história do negro no Brasil, aplicado a dez professores coordenadores que se predispuseram a participar da pesquisa respondendo ao questionário. Para analisar a articulação entre a legislação educacional, práticas pedagógicas e relações raciais foram utilizados conceitos da teoria crítica, especialmente no que tange à análise do preconceito, que ganhou relevo durante a pesquisa. Após coleta de dados, constatou-se que não existe uma correlação direta entre os discursos dos professores coordenadores e a prática, pois na fala deste profissional percebe-se uma aparente harmonia que não condiz com o preconceito sutil que os impede de quebrar a invisibilidade diante de aspectos importantes que caracterizam a educação multicultural. Estas conclusões indicam que as possibilidades trazidas pela legislação educacional devem ser acompanhadas de condições sociais, educacionais e individuais que ainda estão por ser construídas
Abstract: This research s aim is to study, from the pedagogical coordinator teacher s point of view, the teaching of African-Brazilian History and Culture subject, recently included in the curriculum of the state primary and secondary public schools Law 10.639/03 , which modifies the LDBN 9.394/06 Law of Guidelines and Bases of the National Education Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. The main objective was to verify the pedagogical coordinator s comprehension towards the legal statements of the Law 10.639/03, that is, the ethnic-racial debate in the school context. Therefore, we intended to relate the coordinator s view about the possibilities and limits in the pedagogical treatment of the African matrix teaching, referring to the fulfillment of this legal mechanism. It is exploratory research that took place in a regional teaching directorship in the city of São Paulo. The data was collected from the anti-racism federal educational law and by means of questionnaire referring to African-Brazilians demands, culture and history answered by ten coordinators who had agreed to take part in the research. In order to analyze the articulation between the educational laws, pedagogical practices and racial relationships, concepts from the Critical Theory were chosen as theoretical reference, especially in relation to the analysis of prejudice, which aroused during the research procedures. After the data collection, we realized there was no straight relation between the coordinator s speech and practice because we could notice on their speech an apparent harmony that did not fit the subtle prejudice which does not allow them to break the barrier of invisibility before important aspects that characterize the multicultural education. This conclusion indicates that the possibilities brought by the educational law must be accompanied by social, educational, and individual conditions that are being built
Palavras-chave: Professor coordenador
Cultura africana e afro-brasileira
Leis educacionais anti-racismo
Preconceito
Pedagogical coordinator teacher
Afro-brazilian culture
Anti-racism federal educational law
Prejudice
Brasil [Lei n. 10.639, de 9 de janeiro de 2003]
Brasil -- Relacoes raciais
Professores de ensino fundamental
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Ignácio, Vera Balbino da Silva. O ensino da história e cultura afro-brasileira na óptica do coordenador pedagógico. 2008. 137 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10664
Data de defesa: 6-May-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vera Balbino da Silva Ignacio.pdf444,2 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.