???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10547
Tipo do documento: Dissertação
Título: Um imposto para a instrução pública: o alvitre de A Tribuna (1915) e a "municipalização" do ensino em Santos
Autor: Carvalho, Rosimeri Maria de
Primeiro orientador: Bontempi Junior, Bruno
Resumo: Nesta pesquisa investiga-se como a instrução pública foi discutida em A Tribuna, o maior jornal da cidade de Santos, entre 1914 e 1917 mais especificamente, no alvitre de 1915, no qual se propôs a criação de um imposto escolar que promovesse o alargamento da instrução urbana e rural, assim como a criação de uma Escola Normal e de um ginásio em Santos, debate do qual participaram os homens cultos da cidade. A escolha de um jornal como objeto de estudo justifica-se por se entender a imprensa como instrumento de formação de opinião e de ingerência na vida social. No final do século XIX e início do seguinte, a imprensa tornou-se um campo privilegiado de formulação, articulação e expressão dos modos de pensar das elites. Passou a ser compreendida não só como uma ferramenta de articulação e discussão das posições e interesses das elites, mas também, e principalmente, como veículo de formação cultural e moral do povo. Objetivou-se conhecer a opinião do matutino e de seus colaboradores a respeito da instrução pública e, assim, identificar as questões mais importantes para a elite letrada santista na Primeira República, os nomes escolhidos para responder ao alvitre e o que representavam, as opiniões que tinham sobre a proposta e a instrução pública municipal, as prioridades apontadas e o que se almejava quanto à instrução para o município. Verificou-se que o periódico foi um veículo do ideário republicano, segundo o qual, para o progresso da Nação, era preciso expandir a rede de ensino, com o intuito de instruir o cidadão para uma sociedade democrática. Com uma população heterogênea e crescente, e com as greves operárias ocorridas na cidade, A Tribuna aderiu ao discurso quanto à força moralizadora do ensino profissional. Por fim, foi visto que em torno do problema educacional emergiram embates entre o poder municipal e o estadual, bem como entre os grupos políticos que se articulavam na sociedade santista, que divergiram na apreciação do alvitr
Abstract: This study investigates the discussion about public education in A Tribuna, the major newspaper of the city of Santos, between 1914 and 1917. More specifically, this discussion which involved the city´s cultured men, was about the 1915 ideas that proposed the creation of a school tax which would promote the widening of rural and urban education, as well as the creation of a Normal School and a highschool in Santos. The choice of a newspaper as an object of study is justified by the fact that the press is understood as a tool that exercises influence upon opinion and social life. In the end of the 19th century and beginning of 20th century, the press became a privileged field for elaboration, articulation and expression of the élite way of thinking. The press was understood not only as a tool of articulation and discussion of élite´s ideas and interests, but mainly, as a vehicle for people´s cultural and moral constitution. One of the aims of this study is to know the newspaper and its collaborators´ opinion about the public education and to identify the most important issues to the literate élite of Santos during the First Republic, the names indicated to answer the proposal and what they represented, their opinions about the proposal and about the municipality´s public education, the priorities indicated and what they aspired to, concerning education in the city of Santos. We verified that the newspaper was a vehicle of republican ideas, according to which, it was required to broaden the education network, for the progress of nation, in order to educate the citizen for a democratic society. As the city faced labor strikes and with a heterogeneous and increasing population, A Tribuna approved the discourse of the moralizing strength of technical education. Finally, it was noted that around the educational issue, emerged conflicts between the power in the state and city levels, as well as among the political groups in the city of Santos and which had divergent evaluations about the proposal
Palavras-chave: Imprensa e intelectuais
Education
Journal
A Tribuna (Jornal)
Escolas municipais -- Santos, SP
Educacao -- Santos, SP -- Historia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::HISTORIA DA EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Carvalho, Rosimeri Maria de. Um imposto para a instrução pública: o alvitre de A Tribuna (1915) e a "municipalização" do ensino em Santos. 2006. 114 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10547
Data de defesa: 30-Aug-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao ROSIMERI MARIA DE CARVALHO.pdf1,71 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.