???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10373
Tipo do documento: Dissertação
Título: A formação continuada de professores na concepção de agentes formadores em Oficina Pedagógica do Estado de São Paulo
Título(s) alternativo(s): The teachers continuous formation according to educational agents at Pedagogical Workshop of the State of São Paulo
Autor: Silva, Wellynton Rodrigues da 
Primeiro orientador: Giovanni, Luciana Maria
Resumo: Esta pesquisa focaliza as ações de formação continuada de professores no âmbito das Oficinas Pedagógicas da rede estadual de ensino de São Paulo, na perspectiva dos agentes gestores das ações de formação de uma Diretoria de Ensino da cidade de São Paulo. A pesquisa tem por objetivo identificar e analisar as concepções dos agentes formadores, responsáveis pelos processos de tomada de decisões, planejamento, divulgação, implementação e consecução das ações formativas, além do recrutamento e seleção dos professores alvos dos cursos. Trata-se de pesquisa de natureza qualitativa, realizada por meio de análise de legislação específica; entrevistas com os profissionais gestores das ações formativas dentro da referida diretoria de ensino e observação do ambiente e rotina de trabalho desses profissionais. Norteia à pesquisa a hipótese de que esses profissionais têm pouca ou nenhuma autonomia para decidir sobre o processo de formação dos professores. As relações que estabelecem com as escolas e professores destinatários de suas ações de formação são marcadas por concepções tradicionais de formação continuada de professores, tomando a forma de mecanismo de controle dos professores e suas ações. As decisões sobre a abertura ou não de cursos são tomadas considerando-se, sobretudo, a aplicação das disposições legais, tomando características de formalização burocrática, centralismo e uniformidade de orientações para culturas escolares e docentes distintas. Fornecem apoios teóricos à pesquisa autores como: Marin, Candau, Mizukami e Giovanni (para definição de formação continuada), Tardif (no que tange à compreensão da constituição dos saberes de base para a profissão docente), Barroso (por sua concepção de formação centrada na escola, que toma como princípio a afirmação da autonomia do professor e do significado do ambiente escolar para as aprendizagens do professor sobre a profissão), Viñao Frago (por sua análise da distância entre a cultura escolar administrativa dos gestores e supervisores da educação e acultura dos professores, ambas implicando modos específicos de ver a escola e tudo que se refere a ela)e Michel de Certeau (por sua contribuição com os conceitos de estratégias e táticas) que permitem observar, no cotidiano, o grau de autonomia desses agentes formadores. Os dados coletados são organizados em quadros-síntese, cujos resultados permitem a confirmação da hipótese e indicam que as concepções da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo sobre formação continuada são tradicionais e enfatizam uma espécie de treinamento em serviço, porém, utiliza-se de uma nova roupagem, uma nova tecnologia de controle, essas formações são produzidas verticalmente e não conseguem atender a todos os professores da rede estadual de ensino
Abstract: This study focuses on teachers practices of continuous formation from São Paulo state public schools, at the scope of the Pedagogical Workshop of a Bureau of Education at the city of São Paulo, concerning the perspective of educational agents of formation practices. This research aims at identifying and analyzing these educational agents conceptions, responsible for the decisions, planning, publicizing, implementation and fruition of formation practices, besides recruitment and selection of teachers who were the object of these formation practices. This work is characterized as qualitative research, accomplished by means of analysis of the specific laws; interviews with the educational professionals of formation practices in the referred Bureau of Education; and observation of these professionals environment and work routine at the Pedagogical Workshop. The hypothesis that these professionals have had a little or any autonomy to decide about the process of teachers formation gives north to this study. The relationships they establish with schools and teachers addressed by the formation practices are marked by traditional conceptions of teachers continuous formation, shaped as mechanisms of control of teachers and their practices. The decisions about the proposal of courses are taken considering, specially, the enforcement of legal devices, characterized as bureaucratic formalization, centralism and consistency of orientations to distinct schools and teachers cultures. The theoretical support to this study is provided by: Marin, Candau, Mizukami and Giovanni (for the definition of continuous formation), Tardif(regarding the understanding of the constitution of base knowledge to the teaching profession), Barroso (because of his conception of formation centered at school, that has as a principle the affirmation of teacher s autonomy and the meaning of the school environment for the teacher s learning about the profession), Viñao Frago (for his analysis of the distance between the administrative culture of educational agents and supervisors and the culture of schools and their teachers, both implying specific ways of looking at the school and everything related to it) and Michel de Certeau (for his contribution with the concepts of strategies and tactics, that allow us to observe, at the school routine, these educational agents level of autonomy). The data collected were organized in tables, whose results allowed us to confirm the hypothesis and indicated that the conceptions of the Bureau of Education of the state of São Paulo about continuous formation are traditional and emphasize a kind of inservice training, employing, however, a new character or control technology. Such formations are produced vertically and cannot reach the formation needs of schools and teachers from the state public schools
Palavras-chave: Formação continuada de professores
Agentes formadores e gestores das ações de formação
Oficina Pedagógica do Estado de São Paulo
Política educacional
Teachers continuous formation
Educational agents of formation practices
Pedagogical Workshop of the State of São Paulo
Educational politics
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Silva, Wellynton Rodrigues da. The teachers continuous formation according to educational agents at Pedagogical Workshop of the State of São Paulo. 2012. 177 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10373
Data de defesa: 29-Aug-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Wellynton Rodrigues da Silva.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.