???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10087
Tipo do documento: Tese
Título: Currículo e emancipação: redimensionamento de uma escola instituída em um contexto advindo do processo de desfavelização
Autor: Felício, Helena Maria dos Santos 
Primeiro orientador: Abramowicz, Mere
Resumo: O presente trabalho objetiva analisar a construção de um currículo com perspectivas emancipatórias, no cotidiano educacional, a partir da análise das práticas educativas, desenvolvidas pelos educadores dos anos iniciais do Ensino Fundamental, que trabalham em um contexto educacional que atende educandos de uma comunidade instituída a partir de um processo de desfavelização, no município de São José dos Campos (SP). O contexto educacional investigado é constituído por uma parceria entre uma escola de ensino regular pública e uma instituição de educação não formal, instalados na comunidade com a intenção de desenvolver o processo educacional das crianças e dos adolescentes, na dimensão de uma educação integral. A investigação desenvolveu-se em uma perspectiva qualitativa, compreendendo pesquisa bibliográfica, observação participante, análise documental e entrevistas com os educadores das duas instituições que compreendem o contexto analisado. Observamos que a partir da constatação da necessidade de considerar o contexto social em que as instituições estão instaladas, foi proposto um redimensionamento curricular, na direção de uma construção / concepção ampliada de currículo, que integrasse em si a dimensão formal e não formal da educação, como dimensões articuladoras. A partir da analise foi possível verificar a possibilidade da construção de práticas pedagógicas com perspectivas emancipatórias na medida em que instituições e educadores foram capazes de desconstruir suas concepções do que é ensinar e aprender, em geral marcadas pelos traços da transmissão, para desenvolver práticas fundamentadas no princípio da construção, da interação, da troca, do respeito, da criatividade com os próprios educandos. Concluímos, com este estudo, que um currículo com perspectivas emancipatórias pode ser construído quando as instituições educacionais se encorajarem a olhar, criticamente, para o seu cotidiano, sendo capazes de propor ações que sejam frutos de uma interação com a comunidade e a cultura onde as mesmas estão instituídas
Abstract: This study analyzes the construction of a curriculum with the potential for emancipation in educational quotidian experience. It is based on the analysis of educative practices developed by educators in the initial years of primary education who work in an educational context that attends students in a community that is in the process of being taken out of a shantytown in the municipality of São José dos Campos (SP). The educational context investigated comprises a partnership between a regular public school and a formal educational institution in the community, in order to develop the educational process amongst the children and teenagers in the integral education provided. The investigation was developed from a qualitative standpoint, including bibliographical research, participatory observation, documental analysis and interviews with the educators from the two institutions comprising the context analyzed. We observed that the need to consider the social context the institutions are installed in led to the proposal for curricular redesign in order to construct and conceive of an extended curriculum that integrates in itself with the formal and informal dimension of education, as articulating dimensions. Based on this analysis it was possible to check the possibility of building pedagogical practices with the potential for emancipation to the extent that the institutions and educators are capable of deconstructing their conceptions of what its is to teach and learn, generally marked by traces of transmission, to develop practices based on the principle of construction, interaction, exchange, respect, and creativity with the students themselves. We conclude in this study that a curriculum with the potential for emancipation could be built when the educational institutions are encouraged to take a critical look at their quotidian experience, being able to propose action that is the fruit of interaction with the community and culture they are in
Palavras-chave: Currículo
Emancipação
Cotidiano educacional
Prática pedagógica
Curriculum
Emancipation
Educational quotidian experience
Pedagogical practice
Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Rosa Tomita (Sao Jose dos Campos, SP) -- Curriculo
Pratica de ensino
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Felício, Helena Maria dos Santos. Currículo e emancipação: redimensionamento de uma escola instituída em um contexto advindo do processo de desfavelização. 2008. 244 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10087
Data de defesa: 10-Oct-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Helena Maria dos Santos Felicio.pdf3,42 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.